CLIQUE E ASSINE A PARTIR R$ 6,90/MÊS

‘Perdidos no Espaço’ é a série de ficção científica que faltava na Netflix

Naves espaciais, alienígenas e aventura nessa nova versão do clássico dos anos 1960 "Perdidos no Espaço" que estreia nesta sexta (13) na Netflix.

Por Ligia Helena Atualizado em 16 jan 2020, 15h37 - Publicado em 12 abr 2018, 11h02

Você também sentia falta de uma boa série de ficção científica entre as opções da Netflix? Com viagens espaciais, naves e alienígenas? Pois pode comemorar: nesta sexta-feira (13) estreia a primeira temporada de “Perdidos no Espaço“, uma nova série baseada no clássico dos anos 1960.

Perdidos no Espaço conta a história da família Robinson, uma das selecionadas para criar uma vida nova em outro mundo, fora da terra. Composta pelo pai John (Toby Stephens), pela mãe Maureen (Molly Parker) e pelos filhos Judy (Taylor Russel), Penny (Mina Sundwall) e Will (Max Jenkins), a família acaba isolada com mais dois humanos: a Doutora Smith (Parker Posey) e o malandro (e gato) Don West (Ignacio Serricchio).

No vídeo divulgado pela Netflix em primeira mão para o MdeMulher, vemos que a série tem atualizações importantes para a realidade de 2018. Maureen Robinson, que na séries de 1960 era uma bioquímica cujas principais atribuições eram cuidar das crianças e do jardim e preparar comida, agora é uma engenheira espacial que comanda a nave e a família com firmeza.

Judy, a filha mais velha, sabe de sua inteligência e valor e não se apequena diante dos adultos, se tornando médica mais na prática do que na teoria. Penny segue os passos da mãe e gosta de mexer com as máquinas. O papel com mais sensibilidade e vulnerabilidade fica com o caçula, Will, crescendo em meio a essas mulheres fortes e inteligentes.

Pronta para embarcar nessa aventura? Por aqui, já estamos em ritmo de maratona!

Continua após a publicidade

Publicidade