CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Marcos Palmeira interpreta um personagem mau-caráter em “Cama de Gato”

O ator vive o papel mais complexo de sua carreira: o mau-caráter Gustavo, que sofrerá muito até se tornar uma pessoa melhor

Por Redação M de Mulher Atualizado em 21 jan 2020, 05h50 - Publicado em 7 out 2009, 21h00

Marcos Palmeira
Foto: Rede Globo

Dinheiro, poder, roupas chiquérrimas… De que adianta tudo isso quando se está perdido no meio do deserto? É com esse choque de realidade que Gustavo Brandão (Marcos Palmeira) se viu às voltas nos primeiros capítulos de Cama de Gato. Ele é arrogante até o último fio de barba – sim, o ator, de 46 anos, está barbado… um charme! E só pensa em humilhar todo mundo e enriquecer mais com sua fábrica de perfumes. Casado com a vilã Verônica (Paola Oliveira), Gustavo está tão voltado para o seu umbigo, que nem nota que a loira tem um amante, com quem combina matá-lo.

Em meio a tudo isso, o único amigo do perfumista, Alcino (Carmo Dalla Vecchia), que tem uma doença fatal, resolve deixá-lo nas areias dos Lençóis Maranhenses, durante uns dias, para ver se ele muda. A ideia é que Gustavo sofra um pouquinho e volte mais humilde… Só que Verônica não deixa Alcino resgatar o marido.

“Acho que todos nós passamos por muitas coisas na vida. Já tive grandes sucessos e enormes fracassos. Aprendi a lidar com isso. Mas, meu personagem, não. Ele é ambicioso. E só vive para isso”, explica Marcos, casado com a diretora da trama, Amora Mautner, e pai de Júlia, de 2 anos.

Quem é o Gustavo Brandão?
Meu personagem tem pavio curto e não mede esforços pra conseguir o que quer. Existem vários Gustavos por aí na vida real. Na Rede Globo tem muitos… Nas grandes empresas, em geral.

Você sempre fez o boa-praça, galã, mocinho… Como pretende passar a maldade do Gustavo?
Quanto mais verdadeiro eu for e contar essa história da melhor maneira possível, mostrar a arrogância dele, mais fácil será torná-lo crível. Como ator, não cairei na cilada: “Tenho que SER ele!” Quero mostrar como ele é.


Continua após a publicidade

Publicidade