CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Mãe de Luan desabafa: ‘Não sabia que meu filho tinha matado’

Kátia comenta a polêmica declaração do brother e muito mais

Por Karina Cerullo (colaboradora) Atualizado em 14 jan 2020, 21h48 - Publicado em 31 jan 2015, 07h30

As brincadeiras de Luan já incomodaram algumas pessoas dentro do BBB15. Mas, segundo Kátia dos Santos, mãe do confinado, esse é o jeito do filhão, dentro e fora da casa mais vigiada do país. “A ficha dele ainda não caiu que está sendo vigiado por várias câmeras. Ele está sendo o que é aqui fora, com seu jeito de brincar…”

Só que, por conta da sinceridade, Luan já foi acusado de ser preconceituoso. Na quarta, 21, por exemplo, o rapaz disse que todo negro é ladrão, e acabou arrumando briga com Angélica. Mas a mãe de Luan partiu em defesa do filho. “Ele não é racista. Eu sou preta, o pai dele é preto, minha mãe é preta, a filha dele é preta, a mãe da filha dele é preta. Esse comentário ele faz fora da casa, porque minha família é toda de cor. Ele nunca foi racista, pelo contrário, já sofreu muita discriminação. As pessoas não estão conseguindo entender o Luan” , disparou a mãe.

E, apesar de poucos dias de jogo, o carioca já foi alvo de outra polêmica na semana passada. Ele falou para Marco que há quatro anos, quando servia o Exército, se viu obrigado a matar um jovem durante uma ação militar no Complexo do Morro do Alemão, no Rio.

À TITITI, a mãe do brother se disse surpresa com a revelação do filho. Afinal de contas, desconhecia essa história. “Eu creio que o Luan tenha falado isso mais para chamar atenção, para criar certa polêmica, porque até então eu não sabia que meu filho tinha matado um homem. Na época eu estava internada, tive três acidentes vasculares cerebrais isquêmicos e fiquei um mês no hospital. Não sei se isso pode prejudicar o Luan, não dá para saber. Eu não sei nem o que está passando na cabeça dele”, comentou Kátia.

A assessoria de imprensa da Polícia Civil do Rio informou que, nos próximos dias, uma equipe da Divisão de Homicídios da Capital irá ao Projac tomar depoimento de Luan sobre o caso. Enquanto isso, Kátia adianta o que o herdeiro fará com o dinheiro do BBB caso saia campeão: “O sonho dele é me dar uma casa e um carro, para poder passear”.

Continua após a publicidade

Publicidade