Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Lucas Lucco será vilão sedutor em ‘Malhação’

O cantor arrancou elogios do diretor da trama após o teste. Em tempo: ele nega que esteja namorando Sabrina Sato

Por Daniel Vilela Atualizado em 21 jan 2020, 21h40 - Publicado em 8 jun 2015, 14h15

Queridinho do sertanejo universitário, Lucas Lucco deu o que falar nas últimas semanas. O gato foi apontado como novo amor de Sabrina Sato, recém-separada de João Vicente de Castro. Ele, porém, negou o romance e garante: continua solteiro! Karina Sato, irmã e empresária da apresentadora, também disse que eles são só amigos.

Lucas também virou notícia porque vai estrear como ator de novelas na próxima temporada de Malhação, a 23ª, que começa em agosto. Ele pediu para fazer o teste a fim de atuar e arrasou. Foi um dos 700 candidatos testados pela produção e deve ficar com o papel do vilão Wood. “Ele fez o mesmo percurso que todos os atores fazem. E foi muito bem!”, contou o diretor-geral da trama, Leonardo Nogueira. 

A seguir, o bonitão fala da experiência.

Então, você quer mesmo virar galã de novela?
Não tenho essa pretensão, sou muito desapegado disso. No clipe da música Vai Vendo, interpretei um gordinho. E foi massa. Quando está representando, o ator tem de fazer com que as pessoas nem se lembrem de quem ele é.

Como conciliará as gravações da novela e os shows?
Vai ser usada a mesma logística que criei para participar do Dança dos Famosos, do Domingão do Faustão. Tenho uma agenda a cumprir durante o ano inteiro. Amo a música, nunca abriria mão dela.

E esse namoro com a Sabrina Sato, hein?
Não sei de onde tiram essas histórias. Tenho um carinho imenso pela Sabrina e somos apenas amigos. Estou solteiro. Na verdade, casado com todas as minhas fãs (gargalhadas). E me sinto feliz!

Como é a mulher ideal?
O que mais me atrai em uma mulher é o sorriso e a personalidade. Gosto quando são sinceras e verdadeiras.

Como lida com o sucesso?
Tenho fãs maravilhosas e que me apoiam em tudo. O sucesso é consequência de bastante trabalho e sei que ainda tenho muito a conquistar.

*Com colaboração de Guilherme Guimarães

Continua após a publicidade
Publicidade