Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Klara Castanho, a pimentinha de “Viver a Vida”

A atriz mirim que faz a esperta Rafaela, na novela das 9, conta como tem sido sua rotina de estrela

Por Redação M de Mulher Atualizado em 21 jan 2020, 05h39 - Publicado em 20 out 2009, 21h00

Klara Castanho é um sucesso 
como a Rafaela de “Viver a Vida”
Foto: Divulgação

Ela tem apenas 9 anos mas já está dando o que falar! Klara Castanho faz a Rafaela na trama global das 9, uma menina atrevida, que diz tudo o que pensa e não esconde de ninguém que é interesseira. No decorrer da novela de Manoel Carlos, ela deverá se tornar uma vilãzinha capaz de maldades de gente grande. Inteligente, vivaz e graciosa, a garota promete! 

Esta é a quarta vez que Klara, uma fofura de criança, vive um papel na telinha. Ela foi a Bel na série “Mothern”, do canal GNT em 2006 e 2007; a Pitty na série “Mandrake” (2007) na HBO e a Daniela de “Revelação” (2008), no SBT. Além disso, fez diversos comerciais. Acompanhe a entrevista com a gatinha!

Você fez algum teste para interpretar a Rafaela?
Fiz, sim, um texto de duas páginas… Foi difícil porque eu nunca tinha decorado algo tão grande.

Como se prepara para atuar?
Sou orientada pela Rosana Garcia (atriz que fez a primeira Narizinho do Sítio do Picapau Amarelo e hoje trabalha na Globo como preparadora de atores infantis), que passa o texto comigo antes de as cenas serem gravadas.

Continua após a publicidade

A Rafaela diz tudo o que pensa. Você também é assim?
Ah, eu não faço nada pra magoar ninguém.

Ela vai ficar um pouco malvadinha no decorrer da história… O que acha disso?
Eu não sei, porque a Rafaela acabou de chegar na novela e o Maneco está escrevendo ainda.

Como é sua rotina?
Vou pra escola na parte da manhã, e logo que chego em casa faço a lição. Quando não tem gravação, vou pra piscina e às vezes assisto “Alma Gêmea” e jogo na internet. Gravo uns quatro dias por semana na parte da tarde e depois assisto “Malhação” e outras novelas.

E está curtindo morar no Rio? (Klara residia em São Paulo)
Estou gostando muito. Moro aqui desde julho e tem mil novidades: praia, sol… Nem dá preguiça de levantar cedo.

Foi ruim mudar de escola?
Não. Achei que pegariam no meu pé pelo jeito de falar paulista, mas todos são legais.

O que você estranha no Rio?
As coisas aqui têm nomes diferentes. Bolacha é biscoito, por exemplo… (risos).

Continua após a publicidade
Publicidade