Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

Juliana Paes arrasou quando Maria da Paz virou meio Bibi Perigosa

Protagonista de 'A Dona do Pedaço' foi o destaque no capítulo mais importante da novela até agora.

Por Fábio Garcia - Atualizado em 15 jan 2020, 11h58 - Publicado em 6 ago 2019, 11h35

Se você parar qualquer pessoa que assiste à ‘A Dona do Pedaço‘ vai ouvir alguma reclamação de que a Maria da Paz (Juliana Paes) é muito bobinha, inocente demais. Por isso, a cena em que a personagem descobre que sua filha Josiane (Agatha Moreira) estava envolvida em um esquema de comissão para lhe sugar dinheiro foi muito esperado pela personagem.

A cena da discussão entre Maria da Paz e Josiane foi impecável. Juliana Paes, sempre muito alegre e positiva quando interpreta a personagem, mostrou um lado diferente. Em seus olhos se via a frustração de ter uma filha corrupta, somado ao ódio por ter sido enganada por alguém por quem sempre demonstrou um amor sem limites. Maria da Paz estava tão diferente do habitual que muitos arriscaram dizer que ela havia incorporado a Bibi Perigosa, personagem da atriz em A Força do Querer.

gif bibi perigosa brava

Embora sejam bem diferentes, afinal Bibi tinha um pezinho bem racional sobre fazer parte do crime organizado, as duas personagens são muito emotivas. No momento de fúria de Maria da Paz, muito bem representado por Juliana Paes, as duas personagens se encontraram e compartilharam “um mesmo olhar”.

Juliana Paes tem muito mais experiência na televisão que sua colega de cena, mas isso não mudou a emoção daquele momento. “Eu estava supernervosa. Fico mais nervosa nessas sequências do que em cenas de emoção, porque é um lugar do ator onde precisam ficar muitas informações, racionais e passionais”, confessou a protagonista de ‘A Dona do Pedaço’. Ao final da gravação, as duas ficaram chorando por mais meia hora, pra poder descarregar toda a tensão.

Continua após a publicidade

Após algumas críticas durante o começo da segunda fase da novela, podemos dizer que Juliana Paes se encontrou na personagem. Sua Maria da Paz é verossímil, alegre, carismática e nem mesmo um leve descontrole ao agredir sua filha é capaz de mudar a opinião pública sobre a boleira. Tudo isso é reflexo de um trabalho bem feito por parte da atriz. Parabéns, Juliana!

Publicidade