Jeff Bezos, dono da Amazon, conclui separação com acordo bilionário

MacKenzie Bezos, ex-mulher do fundador da Amazon, se tornará a 22ª pessoa mais rica do mundo e vai doar parte do valor

A separação entre o fundador da Amazon, Jeff Bezos, e Mackenzie Bezos foi concluída na última quinta-feira (4) com um acordo de 38 bilhões de dólares, informou a agência Bloomberg News.

No acordo, MacKenzie, 49 anos, receberá aproximadamente 19,7 bilhões de ações da Amazon.com, o equivalente a uma participação de 4% na companhia. Com isso, ela se torna a 22ª pessoa mais rica do mundo, segundo ranking de bilionários da Bloomberg.

MacKenzie Bezos prometeu doar metade de sua fortuna para a “Giving Pledge”, uma instituição beneficente que reúne os contribuintes mais ricos do mundo, entre eles está Mark Zuckerberg, fundador do Facebook. Ela afirmou que pretende abandonar sua participação no jornal “The Washington Post” e na companhia de exploração espacial Blue Origin.

O anúncio do pedido de divórcio ocorreu em janeiro, eles estavam casados desde 1993 e têm quatro filhos. Jeff fundou a Amazon em sua garagem em Seattle, nos Estados Unidos, em 1994 e transformou a empresa americana em uma potência que domina o comércio on-line.