Clique e assine Claudia a partir de R$ 5,90/mês

Henrique Lemes: cantor curte sucesso após vencer o programa “Ídolos”

O jovem Henrique Lemes agora tem empresário, gravador e milhares de fãs pelo Brasil

Por Redação M de Mulher - Atualizado em 17 jan 2020, 14h21 - Publicado em 20 jul 2011, 21h00

Henrique Lemes: “Eu me defino como um cara bem romântico”
Foto: Divulgação

A vida de Henrique Lemes, de 16 anos, tomou um rumo fantástico depois da madrugada de sexta, 15 de julho, quando ele foi escolhido o vencedor do Ídolos 2011, da Record. O menino de Guaramirim (SC) venceu perto de 50 mil concorrentes e agora tem um contrato com a Universal Music, além de um empresário para agendar shows pelo Brasil inteiro. Ele pretende continuar cantando sertanejo e lançar um DVD.

Nascido em Tucunduva (RS), Henrique sempre gostou de cantar e, com o apoio do pai, Henrique Adelmo, investiu na carreira de músico. Estudou violão por sete anos e, mesmo antes do programa, já fazia sucesso ao lado de Gelian, seu parceiro e professor nesse instrumento. O amigo, inclusive, participou do mesmo reality em 2010.

Nessa entrevista a TITITI, o novo ídolo diz que quer mais é ser famoso!

Conta um pouquinho da sua história pra gente.
Nasci em Catanduva, no Rio Grande do Sul, mas moro há nove anos em Guaramirim, Santa Catarina. Desde pequeno gosto de cantar, e sempre tive o incentivo do meu pai, Henrique Adelmo. Tudo o que conquistei, eu devo a ele, que sempre acreditou em mim.

A sua praia é mesmo a música sertaneja?
Sempre gostei desse estilo musical e agora ele caiu ainda mais no gosto da galera. Mas não adianta cantar mal e investir só porque o gênero está pegando. Cantar é o que eu quero da vida e por isso entrei no Ídolos. Agora acabou a moleza! Quanto mais fama melhor! (risos)

Como era sua vida antes do programa? Você já tinha fãs?
Já tinha uma dupla (com Gelian), que era meu professor de violão. Fiz um ano de aulas com ele eentão decidimos formar esta parceria. Na época até fizemos uma música para o Garagem do Faustão (quadro do programa global de 2009), mas não ganhamos. Sempre sonhei um dia ter uma oportunidade como essa que estou tendo agora.

Continua após a publicidade
Henrique Lemes: cantor curte sucesso após vencer o programa "Ídolos"

Henrique Lemes derrotou Higor Rocha na finalíssima do reality show
Foto: Divulgação

E quem são os seus ídolos?
Ah, com certeza Zezé Di Camargo & Luciano são meus maiores ídolos, isso desde que eu era criança. Cantar com eles na final do Ídolos foi muito bom, um sonho realizado. No ensaio eu tremia de nervoso! Também gosto do Daniel, do Leonardo… Adoro sertanejo universitário como o de Fernando & Sorocaba, Jorge & Mateus, Luan Santana… Toda essa galera!

E quais são seus sonhos agora?
Pretendo agradar essa galera que votou e torceu por mim, né? Quero fazer muitos shows e no futuro pretendo gravar um DVD, se Deus quiser! Meu maior sonho é me tornar realmente um ídolo. Vou agarrar essa oportunidade e dar o meu melhor.

Você se inspirou em alguém, em outro participante do Ídolos, ou do American Idol, a versão americana do programa?
Para ser um ídolo é preciso ser diferente, original. Trazer algo de novo. Procurei encontrar meu estilo e mostrar a minha forma de cantar, sem deixar de respeitar ninguém nem de ser o que sou. Faço aquilo em que acredito. Vou continuar investindo no sertanejo!

Qual é sua música preferida?
São tantas músicas que me marcaram… Uma que tem letra e melodia bonitas é Meu Eu em Você, de Victor & Leo. Durante o programa, gostei bastante de cantar Madri, de Fernando & Sorocaba. Foi um marco, a galera adorou, e eu cantei duas vezes. Partida de Futebol, do Skank, e Por te Amar Demais, da dupla Bruno & Marrone, também estão entre minhas preferidas.

E como está o coração?
(Fica sem graça) Ah, não sei, to solteiro… Vou focar no trabalho! Eu me defino como um cara bem romântico, mas agora é a oportunidade que eu tenho de pegar e correr atrás do meu sonho de viver cantando!

Veja Henrique cantando a música ‘Madri’, de Fernando & Sorocaba
 

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=WGg8FcLzqNk%5D

Continua após a publicidade
Publicidade