Glória Perez lembra morte da filha: “O dia que não acaba nunca”

Daniella Perez foi assassinada há 24 anos, no dia 28 de dezembro de 1992. A mãe também compartilhou um vídeo que compilava registros íntimos da família.

Nesta quarta-feira (28), Glória Perez, autora de novelas globais, homenageou em sua conta do Instagram a filha Daniella, morta há exatos 24 anos.

Leia mais: Glória Perez e Raul Gazolla ganham processo contra Guilherme de Pádua.

Na legenda da foto postada pela madrugada, Glória emocionou seus seguidores: “28/12/92, o dia em que a ambição de dois psicopatas levou você de nós. O dia que não acaba nunca, permanece vivo e doído, em todos os outros dias da minha vida!”

A atriz foi assassinada no ano de 1992, por Guilherme de Pádua, com quem fazia par romântico na trama De Corpo e Alma. A esposa do ator na época, Paula Thomaz, foi cúmplice do crime. O corpo de Daniella foi apunhalado 18 vezes e encontrado em um terreno baldio no Rio de Janeiro. Os dois foram condenados a 19 anos de prisão. Relembre o caso.

Veja também: “Pra sempre é muito tempo, Dany”, escreve Glória Perez no aniversário da filha.

A autora também postou em seu Facebook um vídeo com momentos íntimos da família.

Em agosto deste ano, Glória recordou-se do aniversário da filha e confessou: “Para sempre é muito tempo, Dany.”

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Denise Gigante

    E os dois “arrependidos” estão soltos vivendo suas vidas; isso é muito injusto.