Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

Game of Thrones: Relembre os acontecimentos do 2º episódio da 8ª temporada

Antes de assistir ao 3º episódio da 8ª temporada vale a pena rever esses acontecimentos importantes.

Por Júlia Warken - Atualizado em 15 jan 2020, 19h18 - Publicado em 28 abr 2019, 09h00

“Game of Thrones” vai começar a pegar fogo de verdade nesse domingo (28), no 3º episódio da 8ª temporada, que é quando os Caminhantes Brancos e seu exército de mortos vivos chegam a Winterfell. Isso vai culminar em uma grande batalha, que promete ser um dos momentos mais épicos da série até hoje.

Antes de assistir a esse acontecimento aguardadíssimo, vale a pena revisar o que aconteceu no episódio anterior. E a gente ajuda você nessa tarefa.

O episódio se passou inteiramente em Winterfell – nem mesmo Cersei apareceu em cena, pois ela está em Porto Real. E por falar em Cersei, parece que Jaime realmente não é mais leal a ela depois de descobrir que a irmã jamais teve a intenção de ser aliada de Jon e Daenerys na guerra contra os Caminhantes Brancos. 

HBO/Divulgação

A primeira cena do episódio apresentado no último domingo (21) mostra Jaime contando isso ao pessoal de Winterfell e dizendo que queria se aliar a eles. Daenerys não gostou nadinha disso, relembrando o fato de que ele traiu e matou o pai dela, o Rei Louco. Mas Brienne consegue convencer a todos de que Jaime é um cara do bem. Sansa confia inteiramente em Brienne e se dá por satisfeita ao ouvir o que ela tinha a dizer sobre o Lanister. Jon também fica de boas e Daenerys cede, mesmo contrariada. 

Depois disso, a mãe dos dragões briga novamente com Tyrion, pois ele havia dito que, dessa vez, acreditava na palavra de Cersei. Ele passou a pensar assim quando descobriu que ela supostamente está grávida. Jaime confirma essa informação a Tyrion – mas a gente sabe que ela pode estar enganando Jaime também, né?

Nas cenas seguintes Jaime passa algum tempo acertando as contas com o pessoal. Ele pede desculpas a Bran por tê-lo jogado da janela. O garoto Stark diz que não contou isso a ninguém porque vale mais a pena ter Jaime vivo para a batalha. Ele também revela a Jaime que não é mais o Bran de antigamente.

HBO/Divulgação

Jaime também vai até Brienne com o intuito de ficar numa nice com ela. “Não sou mais o guerreiro que costumava ser. Mas ficarei honrado em lutar sob o seu comando”, diz ele.

Enquanto isso, Daenerys está putaça com os acontecimentos recentes – e olha que ela ainda nem descobriu que Jon é seu sobrinho! Mas aí o Sor Jorah dá uns conselhos a ela e a conversa rende bons frutos. Dany parece mais calma e até vai bater um papo cordial com Sansa. Mas rolaram alfinetadas, lógico. E o clima ficou ruim mesmo quando Sansa perguntou “E o que vai acontecer com o Norte [quando Daenerys subir ao trono]?”

Continua após a publicidade

Na cena seguinte, o bom humor de Sansa foi restaurado com a chegada de Theon a Winterfell. Os dois se abraçam em um gesto de muito carinho. Enquanto isso, Yara está está nas Ilhas de Ferro, tentando retomar o poder. Logo após, vemos o pessoal da Muralha chegando, para a alegria de Jon.

HBO/Divulgação

Bom, depois disso tudo a galera só tem uma preocupação: se preparar para a chegada dos Caminhantes Brancos e seu exército. E muita gente está falando sobre a cripta do castelo, que supostamente é o lugar mais seguro de Winterfell. Sério, a cripta foi muito citada no episódio, o que pode indicar que algo inesperado vai rolar por lá.

Especulações à parte, uma reunião entre todos os personagens importantes que estão em Winterfell acontece para que eles possam planejar as estratégias de combate. Nessa conversa Bran revela que o Rei da Noite o tem como alvo. O motivo? Bran possui a memória sobre todas as coisas do mundo e, matá-lo apagaria essa memória, iniciando “uma noite sem fim”.

Theon se oferece para proteger Bran com seus homens. Daenerys diz que Tyrion não irá lutar, pois ela precisa de sua cabeça pensante viva. Voltando à questão em torno de Bran, Jon decide que ficará perto dele para atacar o Rei da Noite quando surgir a oportunidade. Arya pergunta se o fogo de dragão pode matar o Rei da Noite e Bran responde: “Eu não sei, nunca ninguém tentou”.

hbo/Divulgação

Com o fim da reunião, ninguém consegue simplesmente dormir. Tyrion, Bran, Davos, Brienne, Podrick, Tormund e Jaime estão reunidos bebendo vinho em volta de uma lareira. Lá, Brienne torna-se cavaleira. A honraria lhe é concedida por Jaime e agora ela tem o título de Sor Brienne de Tarth.

Enquanto isso, Arya resolve chegar chegando, sem rodeios, em Gendry. Ela diz a ele que não quer morrer virgem e os dois transam.

Em um outro canto do castelo, Verme Cinzento e Missandei reafirmam seu amor um pelo outro. Noutra cena bonita, Sam dá a Sor Jorah a espada de aço valeriano – capaz de matar Caminhantes Brancos – da família Tarly. Tanto o Verme Cinzento quanto Sor Jorah saem dos muros do castelo, prontos para a batalha iminente.

Na cripta, Dany encontra Jon em frente à estátua de Lyanna Stark. Lá, ele revela quem é de verdade: Aegon Targaryen. Ela está cética, pois quem contou isso a ele foram Bran e Sam. Mesmo assim, mostra-se abalada com a notícia, pois isso significa que agora Jon é quem tem direito ao Trono de Ferro.

Bom, mas Daenerys nem sequer tem tempo para refletir sobre o que acaba de saber. Ela, Jon e Tyrion avistam os Caminhantes Brancos chegando. E assim acaba o episódio.

Continua após a publicidade
Publicidade