CLIQUE E ASSINE A PARTIR R$ 6,90/MÊS

‘Escrava Mãe’ será a substituta de ‘Os Dez Mandamentos’, na Record

A trama, que é a continuação de 'Escrava Isaura', será a próxima aposta da emissora para o horário nobre

Por Rose Delfino Atualizado em 15 jan 2020, 03h17 - Publicado em 17 jul 2014, 21h00

Mulheres usando delicados vestidos compridos e sombrinhas e homens de cartola devem voltar à programação da Rede Record. Isso porque a sucessora da novela Os Dez Mandamentos já foi definida: tem o nome provisório de Escrava Mãe e vai mostrar a trajetória de uma linda escrava mulata que deu à luz a personagem-título do romance A Escrava Isaura.

Escrava Mãe é continuação da história contada no livro de Bernardo Guimarães, publicado em 1875 e levada ao ar pela emissora em 2004. Nessa versão, Bianca Rinaldi viveu a bela Isaura, que tinha a vida infernizada por Leôncio (Leopoldo Pacheco), filho do comendador e que era obcecado pela jovem.

Boa parte do elenco de Escrava Mãe, formado por 35 atores, já se encontrou para os workshops iniciais. As gravações da trama se iniciam no final deste mês em Paulínia (SP), cidade conhecida por seu polo cinematográfico, e também na Fazenda Santa Gertrudes, em Rio Claro (SP), onde foi rodada A Escrava Isaura (2004), da mesma emissora.

TV Record/Divulgação
TV Record/Divulgação

Na novela de Gustavo Reiz, uma bela africana é abusada no navio que a trazia como escrava para o Brasil. Ela morre ao dar à luz, e a menina, Juliana, é criada por uma família que a tem como serva também. Já adulta, ela será interpretada por Gabriela Moreyra.

Juliana vai trabalhar na fazenda Engenho do Sol, onde vivem Custódio Avelar (Antonio Petrin), dona Beatrice (Bete Coelho), Maria Isabel (Thais Fersoza) e Teresa (Roberta Gualda). Recém-chegado à Vila de São Salvador, Miguel (o ator português Pedro Carvalho), o herói da história, se apaixonará pela escrava, com quem terá uma filha, Isaura. A vilã será a personagem de Thais, completamente louca pelo belo português.

TV Record/Divulgação
TV Record/Divulgação

A ambientação é na região norte do estado do Rio de Janeiro (atual Campos dos Goytacazes). E a história terá início no final do século 18, quando será retratado o momento de captura de negros da região que hoje é Angola, na África, a vinda deles ao Brasil em navios negreiros e a vida por aqui.     

Estão no elenco também Jussara Freire, Junno Andrade, Zezé Motta, Luiz Guilherme, Roger Gobeth, Milena Toscano, Luiza Tomé, Fernando Pavão e Jayme Periard, entre outros. Com direção-geral de Ivan Zettel, o folhetim é feito em parceria com a produtora Casablanca, e tem previsão de estreia para outubro.     

Continua após a publicidade

Publicidade