Entrevista com Scheila Carvalho

Grávida de novo, a dançarina Scheila Carvalho conta como conseguiu superar a morte do primeiro filho, Brian

“Estou tranquila porque sei que minha filha é perfeita”
Foto: Leo Faria/LR comunicação

É menina, e vai se chamar Sofia ou Ana Clara. Grávida de quatro meses, a dançarina Sheila Carvalho está linda – e muito feliz. Há três anos, o Brasil acompanhou o drama dela com o filho, Brian. Scheila teve parto prematuro, e assistiu o bebê sofrer e morrer de insuficiência renal aos 2 meses. Diante da dor, teve a ajuda do marido, o cantor Tony Sales. “Ficamos mais unidos”, conta. Hoje, ela vibra: “Deus sempre atende os nossos pedidos”.

Como se sentiu ao descobrir que estava grávida de novo?
Muito feliz! Agradeci demais a Deus. Parei de evitar no ano passado. Como eu não engravidava, comecei a ficar angustiada. Relaxei e aconteceu.

O que está fazendo para manter a forma?
Continuo treinando quatro vezes por semana com o meu personal trainer. E faço drenagem linfática.

Você vai ser rainha de bateria da Unidos de Vila Maria, né?
Sim! Vou desfilar com quatro meses e meio de gestação. Tenho que controlar os batimentos cardíacos, eles não podem ultrapassar 140. E o salto da sandália não será alto.

Como superou a perda do Brian?
As mensagens dos fãs foram um bálsamo para mim e meu marido. Eu já era espírita, mas quando Brian se foi eu me apeguei ainda mais ao espiritismo.

É verdade que recebeu uma mensagem sobre a gravidez?
Eu estava voltando do meu programa (Bom D+, na TV Itapoã, em Salvador) e uma voz dentro de mim disse: “Será no seu aniversário”. Engravidei no meu aniversário mesmo. Você queria dar o nome de Brian… Cheguei a pensar nisso, mas desisti. O Brian foi único pra gente.

Como estão os preparativos?
Já comecei a ver as coisinhas do quarto dela. Comprei e ganhei várias roupinhas. Antes eu estava ansiosa, mas agora fiquei mais tranquila, porque sei que ela está bem. É uma criança perfeita.