Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Em disputa acirrada, Marco deixa o BBB15 com 52% dos votos

Foi por pouco, mas o produtor cultural Fernando permanece na disputa pelo prêmio

Por Gustavo Assumpção (colaborador) Atualizado em 14 jan 2020, 20h54 - Publicado em 10 fev 2015, 20h26

Não teve jeito: Marco perdeu a disputa com Fernando e foi o terceiro eliminado do BBB15. Ele obteve 52% dos votos.

Bial abriu o programa conversando com os emparedados, que estavam visivelmente tensos. “Fernando, se tua história no BBB acabar hoje, como você gostaria de ser lembrado?”, questionou o apresentador.

“Na verdade eu vim para atuar com a razão e acabei trabalhando muito com o coração. Prefiro ser assim, me entregar e me doar. Todos sabem do meu caráter. Gostaria de deixar a emoção de lembrança”, respondeu. 

Para Marco, Bial repetiu a pergunta e o brother ousou na resposta: “Acho que a minha presença aqui é bastante providencial. A princípio não era para eu estar aqui e assumi como uma missão. Gostaria de ser lembrado por isso, por um missionário”.

Minutos depois, em um momento de raro bom-humor, Cézar resumiu em um discurso pomposto os primeiros dias de confinamento: “um manancial de emoções. As discussões, as brigas e todos os acontecimentos da casa do Big Brother Brasil. Por mais que você não tenha uma afinidade mais próxima com os envolvidos”, disse para risos da galera (e de Pedro Bial).

Reprodução TV Globo
Reprodução TV Globo

Na hora do anúncio derradeiro, Bial atacou Amanda: “A gente pensa e escolhe. É escolhido. A gente acha que pode fazer tudo que quer. E pode. Só não pode escolher o que querer. A gente acha que o coração mais fala. O que vem agora? Orgulho? Remorso? Vaidade? Saudade? Só espiando, pra saber. E quem vai, a partir de agora, espiar aqui de fora é você, Marco“.

E agora a disputa deve esquentar ainda mais. Na quinta-feira tem prova pela liderança mais uma vez.

Continua após a publicidade
Publicidade