Deborah Secco diz ter levado prejuízo ao bancar filme de Bruna Surfistinha

Atriz declarou que investiu do próprio bolso no filme, sem ter retorno de bilheteria

Deborah Secco, 39 anos, contou que precisou bancar do próprio bolso parte do orçamento do filme “Bruna Surfistinha” (2011). A revelação foi feita pela atriz durante uma entrevista à repórter Andrea Corazza, no TV Fama. O programa será exibido nesta terça (9), às 21h30, na RedeTV!.

“Estávamos no meio das filmagens e eu queria mais uma semana de filmagens, só que não tinha dinheiro para filmar. Então eu falei: ‘Quanto é para mais essa semana?’ e banquei, virando sócia do filme”, declarou Deborah.

A atriz contou que, como o filme não deu lucro, ela acabou no prejuízo. “Foi um filme diferente do que todo mundo fala. Leio sempre na internet que falam: ‘Nossa, ela deve estar ganhando muito dinheiro’, mas, no final das contas, eu perdi dinheiro com o Bruna [Surfistinha]”, contou.

Entretanto, Deborah afirmou que toda a experiência valeu a pena. Segundo ela, o filme fez com que ela ganhasse em realização artística e crescimento de imagem. 

O longa de 2011 conta a história de Raquel Pacheco, também conhecida como Bruna Surfistinha, que fugiu de casa durante sua adolescência para se prostituir e usar drogas. O filme foi baseado no livro ‘O Doce Veneno Do Escorpião: o Diário de uma Garota de Programa’ e tem direção de Marcus Baldini. Além de Deborah Secco no papel principal, a produção conta ainda com Cássio Gabus Mendes e Cristina Lago. O orçamento do filme foi de R$ 4 milhões.

Leia também: Fátima Bernardes participa do “desafio da garrafa”

Rara aparição: o irmão de Débora Nascimento

Ouça o podcast de CLAUDIA: