Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

De Volta Para o Futuro: quais previsões estavam certas – e quais estavam erradas

Marty McFly chegou hoje ao ano de 2015! Será que os criadores do longa adivinharam como os novos tempos seriam?

Por Isabella Marinelli Atualizado em 28 out 2016, 09h27 - Publicado em 21 out 2015, 15h19

A partir de hoje, o futuro da trilogia “De volta para o futuro” já é passado. Às 11h29, no horário de Brasília, Marty McFly pousou com o DeLorean e, finalmente, chegou a um tempo que, em 1985, na estreia do filme, parecia tão distante.

Tão distante que as mais diversas imagens de tecnologia previram, quase de forma profética, como seria a nossa vida atual. Em uma soma de criatividade e imaginação, nós vislumbrávamos o novo mundo – uma projeção que incluía conferências em vídeo e, é claro, carros voadores.

Reprodução
Reprodução

Será  que eles acertaram em tudo? Adiantamos que não, mas vale a pena relembrar cada criação – ainda mais agora que o próximo futuro a se adivinhar está a quatro anos de distância, quando a perspectiva de “Blade Runner” também se tornará passado.

O que deu certo

Reprodução
Reprodução

Comandos de voz

Hoje em dia, já encontramos assistentes pessoais digitais, como a Siri, da Apple, capazes de ligar outros equipamentos eletrônicos da casa e até acender a luz. Assim como no filme!

Biometria

Os personagens do filme usavam biometria para destrancar portas. Essa tecnologia também chegou para nós: hoje, os caixas eletrônicos, as urnas e até os smartphones podem ser acionados com as pontas dos dedos.

Reprodução
Reprodução

3D

Quem aí já se divertiu com simuladores ou cinemas 3D? A terceira dimensão chegou para conferir ainda mais realidade aos filmes. Por enquanto, ainda não temos cartazes holográficos, mas quem sabe em breve…

Sensor de movimento

Os videogames de última geração, como o Kinect,  são capazes de reconhecer os nossos movimentos e deixar os jogos ainda mais reais – assim como no filme!

Reprodução
Reprodução

Óculos inteligentes

O Google Glass está aí para provar que eles acertaram mais uma vez! No filme, eles podiam ver televisão e até receber notificações de chamadas telefônicas. 

Continua após a publicidade

O que não deu (ainda)

Reprodução
Reprodução

Cadarços automáticos

Ainda não temos tênis, como o de Marty McFly, com cadarços automáticos. Mas a Nike já avisou que começou o desenvolvimento desses calçados. Ansiosas!

Reprodução
Reprodução

Carros voadores

Um protótipo aqui, outro ali… Mas os carros voadores ainda não saíram. Entretanto, já contamos com modelos automáticos, que não exigem a troca de marchas frequentes, e com tecnologias como sensor de chuva e câmera de manobra. 

Reprodução
Reprodução

E skates voadores

Infelizmente, também ainda não foram lançados.  No ano passado, a empresa californiana Arx Pax anunciou o Hendo.  Assim como no filme, o gadget é capaz de deslizar sem tocar o chão. Além dele, outros meios de transporte também não precisam encostar no solo para se movimentar : um exemplo disso são os trens de alta velocidade que usam a força do magnetismo para se manter em pé.

Reprodução
Reprodução

“Passeador” de cachorro

É uma delícia passear com o pet, mas, depois de um longo dia, até que gostaríamos de um “passeador” automático, não é? Pode confessar também!

Falando nisso…

Para comemorar o aniversário de 30 anos da franquia “De Volta Para o Futuro”, foi feito um vídeo com uma mensagem muito especial do Doc Brown:

 

 

“Meus cálculos estavam corretos. O futuro finalmente chegou. Sim, é diferente do que todos nós pensamos. Mas não se preocupe! Isso significa que o seu futuro ainda não foi escrito. Nem o de ninguém. O seu futuro é o que você faz, então faça com que seja bom!”

Continua após a publicidade
Publicidade