CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

Conheça a nova Globeleza na intimidade

Símbolo do Carnaval brasileiro, a musa é batalhadora e já fez até trabalhos na Ásia

Por Raquel Borges Atualizado em 14 jan 2020, 22h17 - Publicado em 23 jan 2015, 17h27

A paulista Erika Moura, 22 anos, vem fervendo a telinha da Globo e o coração dos foliões! É, a gata de 55 kg muito bem distribuídos em 1,67 m de altura, é a nova Globeleza e tem sido aprovadíssima pelo público.

E não é só pelo corpo escultural que Érika foi eleita. A musa tem muuuito samba no pé e respira dança. E já enlouqueceu meio mundo. Inclusive na Ásia! Mas, até lá, batalhou um bocado. “Quando criança, fiz parte do grupo Meninos do Morumbi. Em 2009, a turma e eu participamos do desfile da escola de samba Mocidade Alegre (pelo projeto Meninos da Morada). Mais tarde, acabei dando aulas de dança e atuando em espetáculos pelo Brasil e na Coreia do Sul, onde fiz uma pequena temporada”, relembrou à TITITI.
Quer saber um pouco mais sobre essa beldade? Confira aqui!

Conte um pouco mais sobre você…
Nasci na cidade de São Paulo e moro na comunidade Jardim Colombo até hoje com meus pais, Odete e Francisco, e o meu irmão, Kinho (Erick) de 18 anos. Sempre gostei de pagode, e o samba entrou na minha vida em 2009 e não saiu mais. Minha mãe conta que já dançava desde a barriga dela (risos). Nasci, cresci e o amor por essa arte só foi aumentando.

Como a família recebeu a notícia de que você seria a Globeleza 2015?
Ah, todos gostaram de me ver sendo escolhida como representante do Carnaval, como Globeleza. Eles sempre me apoiaram e torceram por mim nessa carreira. Para eles, assim como para mim, é importante ver o meu trabalho com a dança ser reconhecido.

O que representa esse posto para você?
A Globeleza é o símbolo do Carnaval brasileiro, né?! Representa magia, beleza, calor do público e é um convite especial para essa grande festa cultural. E o fato de ser a primeira paulista eleita é, sim, muito gratificante.

Continua após a publicidade

Do que você mais gosta no Carnaval? Onde estará além da telinha da Globo?
Ah, gosto da perfeição, do trabalho de um ano inteiro mostrado na avenida, da alegria no rosto das pessoas e dessa emoção que transborda em lágrimas. Neste Carnaval, sou a Globeleza e imagino que minha agenda será bastante agitada. Por isso, ainda não sei onde estarei.

TVGlobo/Estevam Avellar
TVGlobo/Estevam Avellar

Antes de ser famosa pela vinheta, o que fazia?
Estava cursando fisioterapia e trabalhava como jovem aprendiz na função de assistente administrativa de uma empresa. Depois do período de experiência, fui efetivada e fiquei mais um ano exercendo a função. Mas, infelizmente, fiquei desempregada e tive de trancar a faculdade. Depois, dei aulas de dança e participei de espetáculos.

Como faz para manter esse corpão?
O meu exercício físico sempre foi a dança, mas depois de saber que seria a Globeleza passei a fazer musculação e ir à academia. Me alimento normalmente, não faço dieta. Amo doces e como um aqui e outro ali quase todos os dias (risos). Acho que tenho sorte, pois não tenho tendência a engordar!

Você namora o bailarino Gabriel Henrique, de 18 anos, é isso mesmo? Há quanto tempo e como se conheceram?
Sim, estamos juntos há quase dois anos. Nos conhecemos em aulas de dança, viramos amigos e começamos a namorar.

Reprodução/Instagram
Reprodução/Instagram

O que ele achou do resultado final da vinheta? Pintou ciúme?
Ele simplesmente amou! Disse que estava maravilhosa. O ciúme é normal, mas ele entende, afinal nós somos profissionais da dança.

Continua após a publicidade

Publicidade