Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

Carolina Dieckmann: ‘Não vou deixar de mandar fotos sensuais para o meu marido’

Aparecer de surpresa para encontrar o marido, que vive há quase um ano em São Paulo, é uma das táticas da atriz para manter a paixão

Por Redação M de Mulher - Atualizado em 15 jan 2020, 05h31 - Publicado em 23 abr 2014, 21h00

Carolina faz pose felina neste ensaio para CONTIGO!: ela gosta de surpreender
Foto: Antonio Amado

Carolina Dieckmann adora a palavra ‘acho’. A repetiu dezenas de vezes durante esta entrevista. Mas não se engane, ela tem certeza de tudo o que diz. E faz. Aos 35 anos, confirma que voltou a enviar fotos sensuais para o marido, o vice-presidente de programação da MTV, Tiago Worcman, 35, passados quase dois anos de ter sido vítima de um roubo de imagens íntimas, que foram parar na internet. O casal vive a semana separados por 400 quilômetros – ela no Rio de Janeiro, com os filhos, Davi, 15 (do casamento com o ator Marcos Frota, 57) e José, 6, e ele em São Paulo, onde trabalha. Para manter quente o casamento de 11 anos, há alguns truques. “Inventei de ir a São Paulo de surpresa, sem avisá-lo. Eu gosto de provocar um frio na barriga. Sempre chego sem avisar”, confessa, com certo ar de malícia. E não está preocupada com o que vê no espelho. “Tenho mais fôlego hoje do que aos 20 anos. Com essa idade, eu era uma velha e uma chata. Só queria saber de dormir o dia inteiro.” Recentemente, seus empresários começaram a implicar com um de seus dentes incisivos, levemente torto. “Querem que eu conserte. Mas estou na maior dúvida”, diz. Dúvida? Acho que não.

Agora que a novela Joia Rara terminou, como está a vida?
Estou voltando aos poucos para o mundo real. Quando termino um trabalho sei que é preciso ir pegar mais as crianças na escola, ver se estão com dificuldade em alguma matéria… O primeiro dia que eu acordei e não precisei ir ao Projac, fui para a escola das crianças. Ter filho, marido e fazer novela, tudo ao mesmo tempo, é muito trabalhoso.

Seu marido, Tiago, está há quase um ano morando em São Paulo por causa do trabalho. Você acha que a distância esquenta uma relação?
Acho que isso é, ao mesmo tempo, mentira e verdade. Às vezes, acho legal a gente ficar distante. Há semanas em que eu estou trabalhando mais, então, quando chego em casa, só penso em dormir. E Tiago gosta de jantar junto, ir para a cama junto… Quando ele não está em casa, posso fazer meu tempo, decorar meu texto à noite… Mas tem o outro lado também. Depois de ficar a semana longe, quando Tiago chega, estou com tanta saudade que não quero que ele volte para São Paulo na segunda-feira. Ele viaja na segunda pela manhã e, à noite, eu já estou reclamando, achando tudo um saco…

Carolina Dieckmann: 'Não vou deixar de mandar fotos sensuais para o meu marido'

Com dois filhos, um deles adolescente, ela se sente melhor hoje do que aos 20 anos
Foto: Antonio Amado

Com 11 anos de casamento, como fazer para não cair na monotonia? Fazem surpresas um para o outro?
Do casal, sou eu que mais gosto de fazer graça. Inventei de ir a São Paulo de surpresa, sem avisá-lo. Eu gosto de provocar um frio na barriga. Sempre chego sem avisar. Digo que não vai dar e, quando ele abre a porta, já estou lá! Toda vez que durmo em São Paulo, Tiago acorda e faz café da manhã para mim. Ficar em São Paulo permite uma rotina diferente. Não tem filho, não tem pessoas trabalhando na casa, é um jeito de viver o casamento diferente. Agora, ele também chega ao Rio de surpresa…

Há quase dois anos você teve fotos íntimas roubadas e publicadas na internet. O quanto o episódio foi difícil?
Na hora eu sofri muito, é uma dor tamanha. Foi um rombo no meu coração. Mas a maneira como meu marido lidou com tudo, e o fato de eu ter sido bem assessorada, em todos os sentidos, não só juridicamente, tudo isso me ajudou muito a só tirar, no fim, coisas boas dessa história. Eu canalizei toda a minha angústia na Lúcia (personagem de Carolina no filme Entre Nós, de Paulo Morelli). Eu vivi uma dor real que me ajudou muito nesse trabalho. Lúcia é muito angustiada e eu estava assim também. Não precisei buscar em lugar nenhum. Estava dentro de mim, presente. Estava ferida.

E continua mandando fotos sensuais para seu marido?
A lição para mim é: se você é assaltada, se roubam seu celular, você nunca mais vai ter celular? Não vou deixar de ter as coisas com medo de alguém me roubar. Você tem de lidar com os traumas de uma maneira que isso não paralise sua vida, em nenhum sentido. Então, bola para frente, não vou deixar de mandar fotos sensuais para o meu marido..

Nas filmagens de Entre Nós, você ficou cinco semanas em um sítio na Mantiqueira, sem internet ou celular…
Fui para lá no dia seguinte que saíram as fotos na internet,e Deus não podia ter escolhido um lugar melhor para me mandar naquele hora. Então não vi muita coisa que poderia ter me chateado. Tudo o que eu precisava na vida era estar com um monte de gente que me ama, trabalhando, e em um lugar em que não pegava celular, internet. Aconteceu na hora certa.

Continua após a publicidade

Você está construindo uma casa nova. Como ela é?
Nem me fale, a obra está superatrasada, mas quero me mudar ainda este ano. Tem mangueira e abacateiro no quintal. Só penso nisso: acordar e colher uma manga no pé. Lembra muito a minha infância. A casa onde eu moro há dez anos é muito a minha cara! Quem vai lá, e não é muita gente, porque sou reservada, já entende quem eu sou! Para ter uma ideia, a primeira coisa que a pessoa vê quando abre a porta é uma mesa de totó na sala. Meus filhos pulam no sofá? Pulam! Se sujar, depois troco a capa. Adoro sentir que a casa está viva.

Carolina Dieckmann: 'Não vou deixar de mandar fotos sensuais para o meu marido'

“Acho que as pessoas deveriam se olhar no espelho e ver suas conquistas”, ensina
Foto: Antonio Amado

Quando fica em casa, gosta de fazer o quê?
Adoro desarrumar armário. Ponho tudo para baixo e fico lá, sozinha, separando o que vou dar para o bazar das amigas e o que vai voltar para as gavetas, é uma terapia. Acho que quando você arruma fora, está arrumando dentro.

Você está com 35 anos. Se preocupa com a idade?
Nada, só passo um creme com filtro solar, fator 15. É um creminho para o dia. Só isso. Vai chegar o momento em que vou me olhar no espelho e ver que algo piorou (risos). Mas, sinceramente, ainda não vi isso. Quando eu me olho no espelho, não vejo muitas rugas. Vejo outras coisas… Acho que as pessoas deveriam se olhar no espelho e ver suas conquistas. Sei que a minha pele não é mais a de quando eu tinha 13 anos, que ela tem marcas. Eu conheço meu rosto, conheço as linhas que ele tem. Mas eu me sinto tão menina ainda… Ando de macacão, chinelo. Hoje fui para a escola dos meus filhos de boné. Não me olho no espelho procurando rugas.

Na comédia Júlio Sumiu, fez cenas quentes. Ficou preocupada com o corpo?
A cena mais difícil de todas foi a que eu apareço sambando, de fio-dental, em um motel. Fiquei sem dormir. Estava com medo de aquilo não ficar natural. Não fiz aula de samba com ninguém, simplesmente baixou um troço em mim e sambei do jeito mais livre que eu consegui e com a cara mais vagabunda que consegui fazer. Sobre o meu corpo, ele me dá uma mobilidade que eu gosto e preciso para fazer uma gostosa, uma traficada… Acho que eu estou ótima para quem tem um filho de 15 anos! Tenho mais fôlego hoje do que aos 20 anos. Com essa idade, eu era uma velha e uma chata. Só queria saber de dormir o dia inteiro. Hoje sinto prazer em acordar às 6h para ver o nascer do sol e fazer exercícios na praia, ao ar livre. De verdade, eu me sinto mais jovem do que já fui. Não sinto que estou envelhecendo mas, sim, amadurecendo, tipo uma manga gostosa vermelha (risos).

Sente-se uma pessoa invejada?
Às vezes, tomo banho de sal grosso, mas não é porque eu acredite em inveja. É porque acho que de vez em quando rola uma energia pesada mesmo: já começo o dia pegando muito trânsito ou, quando chego ao Projac (estúdios de gravação da Rede Globo), algo deu errado. Quando o dia fica assim, torto, eu tomo um banho de sal grosso à noite, antes de me deitar. Mas não conecto isso à inveja. Não estou nem aí para inveja. Não sou uma Cinderela. Sou uma mulher que batalha, que faz por onde. Nada para mim caiu do céu.

Carolina Dieckmann: 'Não vou deixar de mandar fotos sensuais para o meu marido'

“Vai chegar o momento em que eu vou me olhar no espelho e ver que algo piorou (risos). Mas, sinceramente, ainda não vi isso”
Foto: Antonio Amado

“Adoro o universo masculino”

““Depois que Tiago foi morar em São Paulo, Davi virou meio paizinho do José. Ele põe o irmão para fazer o dever de casa, dormir… Fala que José tem de comer legumes. Fico pensando: ‘Será que ele é normal ou eu sou babona?'”, pergunta Carolina ao falar da relação dos dois filhos. O mais velho, Davi, tem 15 anos, e o caçula, José, 6.

Carolina vive entre homens e não faz planos de engravidar outra vez na tentativa de ter uma menina. “Quem sou eu para decidir se quero uma menininha? Só se eu adotar uma. Caso contrário, como se faz? Você fala: ‘Deus, quero uma filha. Pode me mandar uma?’ Não é assim. Mas eu nasci para ser mãe de menino, fui criada com três irmãos. Não brinquei muito de boneca. E adoro o universo masculino, futebol, a praticidade do homem.”

Carolina Dieckmann: 'Não vou deixar de mandar fotos sensuais para o meu marido'

Carolina com o marido, Tiago, e o caçula, José. À direita, com o filho mais velho, Davi
Foto: Wagner Santos / Photo Rio News

Continua após a publicidade
Publicidade