Clique e Assine CLAUDIA por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Cacau Protásio, a Zezé de ‘Avenida Brasil’, desabafa sobre sua depressão

A atriz falou que não soube o que fazer quando a doença chegou e sobre a visão das pessoas: "Nem sempre o humorista vive só de alegria".

Por Daniella Grinbergas
Atualizado em 15 jan 2020, 09h00 - Publicado em 7 out 2019, 14h19

Cacau Protásio, a humorista carioca que vive a Terezinha de ‘Vai que Cola’ e que está de volta com Zezé na reapresentação da novela ‘Avenida Brasil’, é divertidíssima em frente às câmeras. Mas o que pouca gente sabe é que, por trás dessa alegria toda, a atriz viveu recentemente uma fase bem difícil com a depressão. Em sua conta do Instagram, ela postou hoje um textão de desabafo emocionante e importante.

“Eu pesei que essa tal depressão nunca fosse chegar aqui. Pois é, ela chegou.” Cacau conta que sempre ajudou quem sofre de depressão, mas que quando a doença se apresentou, não sabia o que fazer.

“Começou assim: eu cheguei no ‘Vai que Cola’ não querendo ficar, era um choro compulsivo sem motivo, uma tristeza enorme, um vazio no peito que até agora eu não sei explicar. Todos os meus amigos e diretores na hora me abraçaram e me entenderam, me mandaram de volta pra casa. Nesse momento eu já não conseguia mais dirigir (…) não queria ver gente, falar, queria ficar quieta em casa”, desabafa.

A atriz conta que só está bem porque procurou médicos especialistas, tomou medicamentos, está em terapia, se apegou muito à fé e teve total apoio da família. “O melhor era meu pai e minha mãe juntos depois de separados há anos, cuidando do bebê mega gigante deles”, brincou. 

Continua após a publicidade
View this post on Instagram

Bom dia! Eu pensei que essa tal da DEPRESSÃO nunca fosse chegar aqui, pois é, ela chegou, mas, já foi! ela não escolhe em quem vai chegar, só chega, que coisa horrível, eu não desejo pra ninguém! Quem me segue reparou que eu parei de postar, fazer vídeos, eu só queria desaparecer,ficar quieta, eu sempre ouvi falar, sempre ajudei quem eu podia, mas quando chegou aqui eu não sabia o que fazer. Começou assim: eu cheguei no Vai que Cola não querendo ficar, era um choro compulsivo sem motivo, uma tristeza enorme, um vazio no peito que até agora eu não sei explicar, todos os meus amigos e diretores na hora me abraçaram e me entenderam, me mandaram de volta pra casa, nesse momento eu já não conseguia mais dirigir, tive que ser trazida pra casa Eu não consegui ir na pré estréia do @vaiquecolaofilme, não queria ver gente, falar, queria ficar quieta em casa, mas, graças a Deus a minha FÉ não foi abalada, Me apeguei em Deus e fui, eu sempre tive preconceito com remédios, mas nesse caso fui obrigada a usar pra sair da crise horrível, eu estou me tratando com uma homeopata maravilhoso, e uma terapeuta nota mil, mas, o mais importante é a apoio da família, Isso é o primordial, e graças a Deus isso eu tive meu marido amigo, parceiro @jandersonpires o tempo todo ao meu lado, minha irmã @paula_protasio quase morando aqui em casa eu amei tá irmã, minha afilhada @yamilla chegava do nada minhas primas @raquelmonteirodelira e @cyynthia_78 e @erikaaraujo_19 @lu_alvessousa @monteiro.91 me mandava mensagens todos os dias, meus amigos do grupo Vamos Falar de Deus,eles vieram aqui orar, rezar, pedir por min,foi um domingo lindo, meus amigos do vai que cola @samanthaschmutz @marcusmajella @marcelomedici @luislobianco @catarinaabdalla @emiliano.davila @regisfaria @multishow @paulinhoserra10 @pedrocapedroca @aline_riscado @rafaelinfante @fiorellamattheis @de4fig @paulogustavo31 era só amor, @paulinhogogoverdadeiro obrigada também pelo cuidado! O melhor era meu pai e minha mãe juntos depois de separados a anos cuidando do bebê mega gigante deles! Se eu esqueci de alguém desculpa, Eu precisava falar aqui, nem sempre o humorista vive só de alegria o tempo todo, é isso. GRATIDÃO!

A post shared by Cacau Protásio (@cacauprotasiooficial) on

E concluiu o texto reforçando que o humorista não vive só de alegria o tempo todo.

Força, Cacá!

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Moda, beleza, autoconhecimento, mais de 11 mil receitas testadas e aprovadas, previsões diárias, semanais e mensais de astrologia!

Receba mensalmente Claudia impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições
digitais e acervos nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de 14,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.