CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR R$ 14,90/MÊS

Bruno Gagliasso: “A prostituição é a profissão mais antiga do mundo”

Ator se prepara para mais um papel polêmico em sua carreira e a-do-ra!

Por Gisele Costa (colaboradora) Atualizado em 22 jan 2020, 01h51 - Publicado em 8 mar 2015, 12h30

Bruno Gagliasso será o cafetão Murilo na próxima novela das 21h, Babilônia. Em conversa com a TITITI Online, o ator disse não ter preconceitos com a profissão de garota de programa. “A prostituição está aí, não tenho que julgar ou não, compreender ou não. Está na Bíblia, é a profissão mais antiga do mundo. Na novela, umas estão porque precisam e outras porque gostam”, comentou ele, que na festa da novela, no sábado (07), usava no pescoço um broche de caveira de touro, da marca Skeleton, de amigos dele.

Acompanhado da esposa Giovanna Ewbank – em um look comentadíssimo!– Gagliasso contou que seu personagem irá enganar Alice (Sophie Charlotte) e transformá-la em uma garota de programa. “Um dos clientes dele quer uma garota top, então ele vai à caça, conquista ela e a transforma em garota de programa”, revelou ele, que na trama, também contracenará com sua cunhada, Carla Salle. Giovanna, aliás, ressaltou que não tem o mínimo ciúme das cenas quentes que o marido fará com a moça. 

Veja tudo o que rolou na festa da novela

Bruno teve pouco tempo para sair do personagem Edu, da minissérie Dupla Identidade (2014), mas garante que Murilo já está muito “vivo”. “Ele foi nascendo, a gente foi lendo, pesquisando e é muito impressionante como ele está vivo, nas primeiras cenas já falei ‘nossa’. Estudamos oito horas por dia (com o coach Sergio Penna). Não preciso cheirar cocaína pra fazer um drogado, me internar num manicômio para fazer um maluco, basta estudar. Desconstruí o Edu com o trabalho de ator, de corpo, de voz. O Murilo não se comporta como ele”, explicou o ator, que tem feito personagens diferentes e desafiadores ao longo de sua carreira. “É o sonho de qualquer ator, é isso que a gente busca. Tão importante quanto dizer um não é saber aceitar o papel certo. Quero personagens assim”, ressaltou. 

Continua após a publicidade
Publicidade