Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Bruno é nomeado o novo capo

Tony é internado e fica em coma na UTI

Por Redação M de Mulher Atualizado em 21 jan 2020, 04h38 - Publicado em 4 jan 2010, 21h00

Bruno espalha o boato de que Tony falaceu
Foto: Michel Angelo / Rede Record

Após ser baleado no peito, Tony (Gabriel Braga Nunes) é internado em coma na UTI e corre perigo de morte. E a especulação de que o rapaz faleceu começa a circular entre os parentes e inimigos, que, claro, comemoram a vitória. 

Bruno (Marcelo Serrado) é o primeiro a espalhar o boato entre os mafiosos. E com o agente internacional fora da jogada, o caminho fica livre para o bandido. A providência inicial da liga do mal é nomear um novo líder para a máfia. Diante do suposto homicídio de Tony, Iago (Antonio Abujamra) saúda o dono do hotel Diana como o capo a partir daquele momento.
 
Finalmente, o mau-caráter consegue alcançar o cargo tão almejado por ele. Cínico, Bruno corre para a casa de Maura (Adriana Garambone) e fala à ex-mulher e aos filhos que o mandante dos crimes assinados por Guri era Tony. E diz também que o italiano passou desta para melhor. Neide (Maria Carolina Ribeiro), no entanto, avisa: ele ainda está vivo. 

Diante dessa revelação, o malvado garante: tem como matá-lo no hospital. A partir daí, Bruno volta a fazer de tudo para tentar acabar de uma vez por todas com o policial internacional. Ele designa a tarefa a Neide e Silvio (Marcelo Escorel), e manda que eles apliquem uma injeção de ar no rival. O capanga fracassa, o mandachuva fica possesso e ordena que o tranquem no cofre. 

Algum tempo mais tarde, Bruno retira Silvio de lá e avisa: se ele não trouxer Khalid (Fernando Pavão), o único capaz de exterminar Tony na UTI, o mais rápido possível, voltará a ficar trancado no cofre.

 

Continua após a publicidade
Publicidade