Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Avenida Brasil: Nina rouba fortuna de Carminha

A moça pega a grana do resgate do sequestro da bandida, afanada de Tufão

Por Redação M de Mulher Atualizado em 16 jan 2020, 14h48 - Publicado em 18 abr 2012, 21h00

Nina rouba dinheiro de Carminha
Foto: TV Globo/Divulgação

Ladrão que rouba ladrão… É partindo dessa máxima que Nina (Débora Falabella) começa a destruir a vida de Carminha (Adriana Esteves). Obcecada por sua vingança, a chef não hesita em usar as mesmas armas da -ex-madrasta, roubando a fortuna que a megera desviara do marido, Tufão (Murilo Benício).

Quando descobre que Nina, ou melhor, Rita, está no Brasil, Carminha vai até o endereço da ex-enteada em Copacabana, no Rio. Na verdade, a víbora quer conferir se Rita voltou justamente para se vingar dela. Nina, que fica sabendo por Mãe Lucinda (Vera Holtz) que Carminha descobriu com a ajuda de Nilo (José de Abreu) onde ela estava morando, pede à amiga de infância Betânia (Bianca Comparato) para se passar por ela diante da criminosa. Como a garota, fingindo ser Rita, garante que não quer saber de revanche, a mulher de Tufão lhe entrega R$ 20 mil como forma de compensar seus sofrimentos no passado. Quando Carminha vai embora, Nina dá o dinheiro de presente a Betânia, sem o mínimo escrúpulo, mesmo sabendo que ele pertencia ao -ex-jogador. E ainda comenta com a mãe de criação que vai usar Betânia para tirar mais grana da ex-madrasta. Chocada, Lucinda alerta Nina de que sua vingança a está transformando numa pessoa parecida com Carminha. E o comentário deixa a jovem furiosa.

O pior é quando Carminha resolve desabafar com a cozinheira – que a essa altura do campeonato já virou sua “amiga” -, contando que se encontrou com a filha de seu falecido primeiro marido e inventando uma história toda deturpada sobre sua relação com Rita. Nina finge apoiar Carminha, mas, ao ficar sozinha, chega a vomitar de nojo. Esses vômitos se repetirão durante novas conversas entre as duas, e isso poderá levar a chef a desenvolver um processo de anorexia.

Logo aparece outra oportunidade de Nina tomar uma bolada da víbora. E é justamente a pequena fortuna que a megera e Max (Marcello Novaes) iriam tirar de Tufão, graças ao falso sequestro. Enquanto Max negocia com os sequestradores cúmplices a libertação de Carminha, Zezé (Cacau Protásio), que mora na comunidade onde ocorre o cárcere da patroa, a vê com os criminosos e avisa o patrão. O ex-atleta vai com amigos policiais ao morro, e Nina segue todos. Max, que está com R$ 1,2 milhão do resgate, esconde metade do valor nas ruas da favela e entra no barraco para negociar a libertação de Carminha. E chega a simular que levou um tiro no braço, para que os comparsas consigam escapar dos investigadores.

Emocionado em recuperar Carminha sã e salva, Tufão não desconfia da armação. Nem quando Carminha e os demais cruzam com os sujeitos que a mantiveram refém, mentindo aos tiras ao dizer que jamais os viu.

Enquanto a confusão rola solta, Nina rouba os R$ 600 mil que Max havia escondido e foge sem ninguém ver. Só para mãe Lucinda, Nina conta que está com o dinheiro e ficará com ele até poder devolvê-lo a Tufão. E assusta a mãe de criação ao comentar que, se for preciso, usará a quantia para acabar com Carminha. É, Nina não está para brincadeira.
 

Continua após a publicidade
Publicidade