Clique e assine com até 75% de desconto

Amadeu ou Régis: quem deve ficar com Maria da Paz?

Temos fortes indicativos de dizer quem conquistará Maria da Paz.

Por Fábio Garcia Atualizado em 15 jan 2020, 10h39 - Publicado em 2 set 2019, 15h38

Um dos principais recursos usados pelos autores de novela para “dar aquela enrolada” durante sete meses de exibição é criar um triângulo amoroso para a protagonista. Em ‘A Dona do Pedaço‘, teoricamente temos Amadeu (Marcos Palmeira) e Régis (Reynaldo Gianecchini) disputando o coração de Maria da Paz (Juliana Paes), mas a verdade é que a própria novela dá indícios que essa competição não será justa para os dois personagens.

‘A Dona do Pedaço’ começou com Maria da Paz ainda jovem se apaixonando à primeira vista por Amadeu, o filho da família rival. Só por essa premissa vista nos primeiros episódios a gente já pensa que o advogado é o personagem “certo” para a protagonista. Até mesmo nos créditos o nome de Marcos Palmeira fica ao lado da protagonista da trama!. Entretanto, o personagem teve um desenvolvimento que o manteve afastado a todo custo de Maria da Paz, a ponto de esquecermos a química entre eles.

Maria da Paz e Amadeu conversam em A Dona do Pedaço

Tirando um ou outro beijo ocasional, que dá a impressão de algo tirado do éter, Amadeu passou boa parte da novela ao lado de Gilda (Heloísa Jorge). Mesmo sabendo que a esposa estava fingindo uma condição de saúde, ele se manteve na relação considerando Maria da Paz um “amor de infância”. Com a morte de Gilda, agora o autor deve colocar Amadeu em batalha pelo amor de Maria da Paz, mas ele vai esbarrar em um problema grande: a redenção de Régis.

Assim como Félix em ‘Amor à Vida‘, o personagem de Reynaldo Gianecchini passou por um processo de redenção que o torna o mais provável candidato a marido de Maria da Paz. Ele começou a relação como um golpe, mas foi se encantando pela boleira com o passar do tempo. O autor Walcyr Carrasco tem usado todos os principais recursos de redenção dos folhetins para o personagem ser mais gostável, e é inegável que o público já abraçou totalmente a ideia de Maria da Paz ficar com o ex-playboy falido que foi transformado pelo amor.

O público de novela ama torcer para quem sofre, e os autores sabem disso. Na época de ‘O Dono do Mundo‘, o autor Gilberto Braga só conseguiu fazer o Brasil torcer pela protagonista vivida por Malu Mader quando a fez comer o pão que o diabo amassou. Régis passa por algo parecido: ele já passou por tanto sofrimento, até mesmo um tiro levou, e isso o faz ser “merecedor” do coração da protagonista, ao contrário de Amadeu que foi mais levado pela correnteza.

Tudo pode mudar, claro, mas no atual momento podemos arriscar que Amadeu tem poucas chances de ficar com Maria da Paz. Por mais que Régis seja um homem babaca, sua redenção e estima do público pode garantir um final bem diferente do idealizado por Walcyr quando escreveu a novela. Bem que dizem que novela é uma história sempre com começo certo, mas nunca com final definido.

Continua após a publicidade
Publicidade