Alto Astral: Scarlett coloca fogo na cozinha de Manuel

Afeganistão apaga o fogo, mas molha a patricinha que fica furiosa

Ela chegou cheia de marra na trama, mas rapidamente teve que descer do seu pedestal. Scarlett (Monica Iozzi) é um garota bem nascida e herdeira de uma grande fortuna, porém, antes de falecer, seu pai deixou registrado em seu testamento uma condição: a moça só colocaria a mão no dinheiro, caso passasse um ano inteiro sobrevindo do suor de seu próprio trabalho, sem usufruiir das facilidades que o dinheiro e a beleza pudessem lhe trazer.

Determinado a ajudar a sobrinha, Manuel (Leopoldo Pacheco) bola um plano: levá-la para sua casa, apresentá-la como uma moça humilde, com uma nova identidade e contratá-la como empregada da lanchonete.

Sem muita opção, Scarlett aceita a ajuda do tio e passa por uma transformação. A partir daí, a patricinha assume o papel de Cidinha. Manuel leva a moça para morar com sua família. A princípio, Tina (Elizabeth Savalla), não gosta nada da ideia, mas acaba engolindo a nova empregada, por amor ao marido.

TV Globo/Divulgação TV Globo/Divulgação

TV Globo/Divulgação (/)

Já que a garota será a ajudante da lanchonete, nada mais justo que auxilie Tina na cozinha. Assim, a matriarca da família, pede para que a empregada termine de fazer o ovo mexido. Scarlett se enrola  toda com a nova tarefa. Manuel se incomoda com a demora da moça e tenta apressá-la. Confusa, ela acaba colocando fogo no pano de prato. 

Todos correm até a cozinha para acudir a desastrada. Afeganistão (Gabriel Godoy) pega o balde com água e apaga o fogo, porém acaba ensopando a gata borralheira.

TV Globo/Divulgação TV Globo/Divulgação

TV Globo/Divulgação (/)

Louca da vida, ela faz um escândalo: “Pensei que ia morrer! Tô traumatizada!”, exclama a trapalhona.