Clique e assine Claudia a partir de R$ 5,90/mês

Adele visita local e consola vítimas de incêndio em Londres

A cantora foi vista distribuindo abraços aos afetados pelo incêndio a poucas quadras do local. Rita Ora se juntou à musa para distribuir água e suprimentos

Por Marina Pedroso - Atualizado em 20 jan 2020, 12h11 - Publicado em 15 jun 2017, 12h04

Menos de um dia depois de um trágico incêndio engolir o complexo de apartamentos Grenfell Tower, que ocorreu nas primeiras horas da manhã da última quarta-feira, 14, Adele visitou as vítimas e suas famílias em uma vigília especial.

De acordo com alguns sites britânicos, a cantora estava acompanhada do marido, Simon Konecki, enquanto prestava condolências aos residentes a poucas quadras do prédio.

View this post on Instagram

Just spotted @Adele and Simon Konecki visiting the Grenfell Tower, she was dressed in an abaya. Respect to both of you. #Adele #grenfelltower #simonkonecki

A post shared by FourMe (@fourmee) on

Continua após a publicidade

Os fãs reagiram rapidamente às lágrimas da estrela do pop e louvaram sua sensibilidade e os abraços reconfortantes que distribuiu. “Acabei de ver @Adele e Simon Konecki visitando o Grenfell Tower, ela estava vestida com uma túnica árabe. Respeito por vocês dois”, teria escrito um de seus seguidores.

Poucos horas antes, a cantora e conterrânea londrina Rita Ora também compartilhou apoio às vítimas da tragédia via Twitter (na tradução livre, ela escreveu “Fiquei chocada e devastada ao saber da notícia. Estendo meu coração a todos que foram afetados por essa tragédia horrorosa em Londres”). Logo depois, o Daily Mail britânico informou que ela também foi vista no local distribuindo suprimentos e água.

Enquanto os bombeiros continuam a revirar os escombros em busca de sobreviventes, relatórios recentes confirmam que cerca de 17 pessoas foram mortas e aproximadamente 75 foram feridas no incêndio.

Continua após a publicidade
Publicidade