Clique e assine Claudia a partir de R$ 5,90/mês

A disputa por Marco Ricca na novela das 8

O ator aposta que Gustavo vai ficar com Dinorá, mas diz que não se casaria com ela na vida real

Por Redação M de Mulher - Atualizado em 21 jan 2020, 11h50 - Publicado em 30 out 2008, 21h00

Para Marco, Dinorá tem um saudosismo da
época de namoro dela e de Gustavo
Foto: Divulgação

Marco Ricca não é galã em Paraíso Tropical. Seu personagem, o Gustavo, é pai de família, trabalhador, assalariado, enfim, um sujeito comum. Mesmo assim, é disputado ferozmente por duas mulheres e ainda suou para descartar Diana (Daniela Galli), que não sossegou enquanto não o levou para a cama. O ator paulistano, de 44 anos, acha que Dinorá (Isabela Garcia) vai reconquistar o marido até o final da história, mas confessa que não se casaria com uma mulher como ela na vida real. O casal, no entanto, agradou um bocado ao público. Os dois foram criados por Ricardo Linhares, que tem um carinho especial por eles: “Gustavo e Dinorá representam aquele casal amigo que todos nós temos, mas nem por isso são triviais. São interessantes, têm vivacidade. Não há idealização nem glamour. Por isso, o público identificou-se com eles e o mérito é dos atores”, afirma o autor. Bom… vamos ver, então, o que Marco tem a falar.

O que o público tem mais comentado com você nas ruas?
As mulheres são as que mais me abordam. Elas têm um pouco de pena do personagem por causa da Dinorá. Quando ele era casado, elas achavam que a esposa era irresponsável, imatura. Agora, dizem que ela atrapalha o namoro dele… Se bem que para a Isabela também falam mal do Gustavo.

Então, as pessoas torcem pela Gilda (Luli Miller)?
Não, pelo contrário. Quem fala comigo na rua quer que o Gustavo volte para a Dinorá. Eles acham o casal bonitinho… Os telespectadores se identificaram demais com os dois.

A Dinorá reclamava que o marido não percebia um cabelo novo, uma roupa mais ousada.. Por que homens são assim?
Como o homem não repara na mulher? Ele só faz isso na vida! O problema da Dinorá é que ela tinha um saudosismo de um tempo romântico, da época do namoro. Então, ela bolava umas brincadeiras, fantasias, que acabavam não dando certo. Acho que muitos casamentos longos são assim.

Continua após a publicidade

Você acha que uma fantasia pode ajudar um casal?
Acho que vale qualquer coisa para manter a paixão, o amor. E é isso que a Dinorá preza.

Você vê quando a mulher corta o cabelo, usa algo diferente?
Observo muitas coisas, dentre elas isso. Tento ser um observador de tudo. Faz parte do meu ofício. O ator vive de prestar atenção nas pessoas.

Como é contracenar com a Isabela Garcia?
Isabela é uma luz na novela. Sempre digo a própria que, quando ela entra na telinha, Paraíso Tropical ganha um brilho a mais.

Acha que o Gustavo vai ficar com a Gilda ou com a Dinorá?
Mesmo com a separação, acho que o Gustavo vai ficar com a Dinorá no final. Bom… temos autores maravilhosos escrevendo a trama e eles sabem muito bem o que fazer com os personagens. Mas esse é o meu palpite.

Na vida real, você conseguiria manter um casamento com uma mulher como a Dinorá?
Acho que não. Deve ser duro conviver com uma mulher assim. Ela tem um grau de irresponsabilidade alto: tira ele do trabalho por qualquer motivo, esquece de buscar as crianças na escola… Os dois se desentendem muito por causa dos filhos. Ela acha que eles podem matar aula… Casais que têm visões muito diferentes sobre a educação dos filhos costumam mesmo se separar.

Continua após a publicidade
Publicidade