CLIQUE E ASSINE A PARTIR R$ 6,90/MÊS

8 motivos para amar (ainda mais) Adriana Esteves

Pela segunda vez na capa de CLAUDIA, Adriana Esteves, 45 anos, assume novamente o papel de vilã. Ela estreia este mês em Babilônia, trama das nove da Globo

Por Isabella D'Ercole Atualizado em 28 out 2016, 02h25 - Publicado em 3 mar 2015, 09h11

1. Para ela, idade não significa nada. Em entrevista a uma revista de celebridades, ela afirmou que não concorda com esse papo de que mulher de 40 anos está ficando velha. Na verdade, acha até besteira se preocupar com isso. O importante é estar em dia com a saúde, o corpo e a mente.

2. Ela já foi indicada a um Emmy Internacional na categoria melhor atriz pela sua interpretação de Dalva de Oliveira, na minissérie Dalva e Dito: Uma Canção de Amor, de 2011.

3. Apesar de não se achar romântica, ela tem uma definição linda do amor, como falou à revista Ana Maria: “O amor é transgressor, é capaz de transformar tudo. É uma das coisas mais poderosas da vida”.

4. É casada há mais de 10 anos com Vladimir Brichta, um galã da TV. E não tem medo de dizer que ele é demais: “Meu marido é um super-homem”, afirmou à CLAUDIA. E ele também não economiza elogios à esposa: “Adriana tem sede de justiça e gana de crescer”.

5. Ela interpretou a vilã mais amada dos últimos tempos, a Carminha de Avenida Brasil (2012).

6. Na pele da vilã, ela lançou bordões geniais, como “A culpa é da Rita” e “Pobre tá sempre carregando uma sacolinha”, repetidos incansavelmente pelo público.

7. O mundo inteiro caiu nas graças da Carminha, já que a novela já foi exibida em 106 países, um recorde na história da TV Globo. A trama foi traduzida para 16 línguas, como espanhol, inglês, russo, grego, polonês e francês. Só no México, a audiência do canal que exibiu o folhetim aumentou 60%.

8. Agora, ela vai arrebatar o público com uma nova vilã, a Inês, que promete vingança à personagem de Glória Pires.

 

Continua após a publicidade

Publicidade