Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

7 momentos em que Kate e William viveram fora das regras da realeza

Com uma história digna de conto de fadas, príncipe William e Kate Middleton completam cinco anos de casados nesta sexta-feira (22).

Por Redação CLAUDIA - Atualizado em 28 out 2016, 05h16 - Publicado em 29 abr 2016, 13h59

Com uma história digna de conto de fadas, príncipe William e Kate Middleton completam cinco anos de casados nesta sexta-feira (29). Os dois se conheceram na universidade e se casaram por amor. Como a Duquesa de Cambridge não nasceu em berço aristocrata, o casamento com um sucessor do trono revolucionou a história da realeza britânica. 

No entanto, essa não foi a única vez em que o casal real fugiu das regras monárquicas. Em homenagem ao aniversário de bodas, separamos alguns momentos em que Kate e William agiram sem se preocupar com protocolos. 

1. Eles fizeram questão de recepcionar os convidados no casamento

GettyImages
GettyImages

Os casamentos reais tradicionais não costumam ter recepção, apenas a cerimônia religiosa. No entanto, ao verem que seus amigos costumavam receber os convidados depois da troca de alianças, Kate e William decidiram fazer o mesmo. Então, após a benção na Abadia de Westminster, eles ofereceram um almoço no Palácio de Buckingham para 600 pessoas.

2. William assistiu ao parto dos filhos 

Continua após a publicidade
Reprodução/Gettyimages
Reprodução/Gettyimages

O Duque de Cambridge estava presente no momento em que Kate deu à luz aos dois filhos do casal, George, de 2 anos, e Charlotte, de 11 meses. Seu pai, príncipe Charles, fez o mesmo quando ele nasceu. No entanto, William inovou ao telefonar para a avó para informar sobre o nascimento dos filhos. Segundo o protocolo, como matriarca e chefe da nação, o correto seria informá-la pessoalmente sobre o nascimento de um herdeiro do trono.

3. O batizado das crianças não seguiu nenhuma tradição

Reprodução/Gettyimages
Reprodução/Gettyimages
Chris Jackson/Getty Images
Chris Jackson/Getty Images

Eles escolheram principalmente amigos de infância e colegas da universidade pra serem padrinhos dos filhos – ao invés de reis ou príncipes, como costuma acontecer. Além disso, apesar de William e seu irmão Harry terem sido batizados no Palácio de Buckingham, o casal preferiu celebrar o batizado do Príncipe George na Capela Real do Palácio de St. James e o da Princesa Charlotte na igreja de Santa Maria Madalena, onde Lady Di, avó paterna das crianças, foi batizada. 

Continua após a publicidade

4. Não são formais ao apresentarem o filho a líderes internacionais

Reprodução/Kensington Palace on Instagram
Reprodução/Kensington Palace on Instagram

Como você vestiria seu filho para conhecer o presidente dos Estados Unidos? Kate e William parecem não se preocupar muito com isso. Na última sexta-feira (22), o casal real recebeu Barack Obama e sua mulher Michelle para um jantar no Palácio de Kensington. Príncipe George, então, apareceu para conhecer o presidente e primeira-dama americanos vestindo pijama e roupão, prontinho para ir dormir. Definitivamente, esse foi um dos encontros diplomáticos mais fofos da história. 

5. A Duquesa de Cambridge não dá muita bola para o vento levantando a sua roupa

Reprodução/Gettyimages
Reprodução/Gettyimages

A Rainha Elizabeth II costuma colocar pesos na barra de suas saias para não correr o risco de que elas sejam levantadas por rajadas de vento, como revelado no livro “Dressing the Queen”, de 2012. Ao invés de se inspirar na avó do marido, Kate já ficou diversas vezes com as pernas à mostra graças a correntes de ar – em 2014, seu bumbum chegou a ficar de fora em visita à Austrália. Livre, leve e solta!

Continua após a publicidade

6. Nem sempre comemoram o Natal em Sandringham House, casa de campo da família real

Getty Images
Getty Images

Em 2012, o casal passou o Natal com a família Middleton ao invés de celebrar a data com a Rainha, o Príncipe Philip e o resto da família real. Kate estava grávida do primeiro filho e passava por sérias complicações, por isso preferiram ficar perto dos pais dela. Nos outros anos, no entanto, seguiram a tradição.

7. Escolheram uma escola com método de ensino inovador para o baby George

Continua após a publicidade
The Royal Family
The Royal Family

No início deste ano, o primogênito do casal começou a frequentar a pré-escola na Westacre Montessori School, no condado de Norfolk, que segue o modelo montessoriano. O método é baseado na capacidade da criança de aprender sozinha e, assim, a educação segue a evolução do aluno e não o contrário. Esse foi o mesmo ensino que William e Harry receberam na infância por decisão da Princesa Diana. Antes, as crianças reais eram educadas dentro do Palácio. 

Publicidade