Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

11 motivos que provam que Dayse mereceu ganhar o Masterchef

Musa é musa, né gente?

Por Gabriela Kimura Atualizado em 21 jan 2020, 00h31 - Publicado em 14 dez 2016, 00h15

Depois de tudo que ela enfrentou na primeira edição do Masterchef Brasil, a chef de Mogi das Cruzes, Dayse Paparoto fez muito bonito na final. Durante a apresentação do menu degustação com oito pratos, ela conquistou (e tocou) o coração dos chefs jurados, reavivando até mesmo memórias de infância.

Enfrentou também os concorrentes que sempre a diminuíram, o machismo da gastronomia – principalmente quando se trata da cozinha profissional – e até mesmo as formações mais “avançadas” dos competidores.

Em uma forma inédita, Ana Paula Padrão apresentou as notas que os jurados deram para cada prato deles. E a disputa foi acirrada, viu! Mas por poucos pontos e muuuuito talento, a garota provou que não veio para o mundo à passeio, não.

E olha só: ela conquistou esse lugar tão merecido!

1. Ela superou todos os homens da temporada.

2. Junto com a misoginia destilada.

3. Mas ela demonstrou muita técnica em seus pratos.

4. Muita confiança na sua cozinha, sempre única.

5. Não teve medo de experimentar e criar.

6. Provou que se isso é estar na pior….

7. … então a gente quer é estar com ela!

8. Não está preocupada em ser ~a fodona do rolê~.

Claro que ela será, mas, ainda assim, ela é gente como a gente.

9. Nem quis provar para ninguém que era melhor, só fazer seu trabalho bem feito.

Sai fora, Marcelo!

10. Aliás, muita gente parece já saber que ela é incrível mesmo!

Todo mundo fazendo fila para conhecer o Feed Food, então?

11. Afinal, ela conquistou cinco provas ao longo da competição.

https://twitter.com/tristesinho/status/806331893880852480

Ah, ela disse que um dos sonhos dela, depois de quitar o próprio apartamento, é casar, viu gente? Não custa tentar !

Continua após a publicidade
Publicidade