CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Pole fitness: o segredo para firmar músculos e queimar até 400 kcal em uma hora

Nas academias, a dança mandou embora o título de sensual. Os movimentos na barra prometem ganho de tônus muscular, equilíbrio e consciência corporal

Por Melissa Vaz Atualizado em 15 jan 2020, 13h01 - Publicado em 14 out 2013, 21h00

Esqueça o apelo sexual: o pole fitness vai deixar seus músculos durinhos, durinhos e sua autoestima lá em cima!
Foto: Divulgação

Como é a aula

A aula dura uma hora e mescla exercícios que misturam movimentos isométricos (parados, mas com contração muscular) e isotônicos (com movimento e contração muscular), além de alongamento e aquecimento no colchão e, claro, na barra. Todos os músculos do corpo são trabalhados, principalmente os dos membros superiores, como braços e costas, além de abdômen.

Testamos

“Fui convidada a testar a nova aula de pole fitness da Competition e saí de lá com vontade de fazer mais! O exercício exige bastante dos braços, que sustentam todo o peso do corpo: tive dificuldade em realizar os abdominais (os pés saem do chão e único apoio são os membros superiores) e subir alguns “andares” na barra, movimento que existe equilíbrio e bastante concentração. Porém, nada que eu não consiga fazer com algumas aulas a mais. O atrito da pele na barra é essencial para realizar os exercícios, então espere sair de lá com pequenos hematomas – mas nada muito feio, não se preocupe! Apesar das dificuldades, a aula é animada e os 60 minutos passam rapidinho ao som da música. Saí de lá cansada e acordei dolorida no dia seguinte, mas ainda assim fiquei com vontade de investir em mais aulas. O exercício é completo e uma ótima alternativa ao treino básico de todo dia.” – Melissa Vaz, repórter

Benefícios e contraindicações

Mahu Biorochafaske, instrutora de pole fitness da Competition, aponta coordenação, equilíbrio e firmeza muscular como as principais vantagens do exercício. “A questão da consciência corporal, atrelada ao aumento da autoestima e o autoconhecimento também são muito importantes”, afirma a expert, que também é psicóloga. Em uma hora dá para queimar até 400 kcal, dependendo do ritmo do aluno, e a professora recomenda uma frequência de pelo menos 2 vezes por semana. Mahu desaconselha o exercício para quem tem problemas nas articulações, apresenta labirintite ou é gestante.

Onde fazer

A aula está disponível na unidade Oscar Freire da Competition toda sexta-feira às 8h, às 15h e às 17h30. Também dá para se inscrever nas aulas da Escola de Pole Dance e no Studio Pole Fit, todos em São Paulo. Para informações sobre aulas em outras cidades, vale visitar o site Pole Dance Brasil.

Continua após a publicidade

Publicidade