Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

Menos 21 kg em seis meses com reeducação alimentar e caminhada

A leitora Rozelita dos Reis, de 32 anos, resolveu mudar os hábitos depois de uma brincadeira dos colegas de trabalho. Ela consultou uma nutricionista, mudou a alimentação e inseriu a caminhada no dia a dia. Conheça a história.

Por Redação M de Mulher - Atualizado em 15 jan 2020, 03h18 - Publicado em 17 jul 2014, 21h00

Rozelita dos Reis, de 32 anos, tinha 87 kg e foi para os 66 kg.
Fotos: Alan Teixeira // Arquivo pessoal

Para Rozelita dos Reis, de 32 anos, a origem mineira era a culpada por seus quilos a mais. “Tudo o que cozinhamos, apesar de delicioso, é muito pesado.” O sobrepeso não a incomodava tanto até uma brincadeira entre colegas do serviço a deixar bem chateada. “Trabalho num laboratório. Um dia, resolvemos nos pesar numa balança que estava no corredor. O ponteiro marcou 87 kg quando chegou a minha vez! Foi uma tiração de sarro geral. Naquele momento, tomei a decisão de mudar de vida e de começar uma dieta por conta própria.” A boa notícia veio semanas depois. A chefia resolveu criar na empresa um setor de nutrição, do qual faz parte a nutricionista Danielle Fava, da Faculdade de Saúde Pública da USP. “Agendei a consulta e comecei a fazer o acompanhamento com a especialista.” No começo da dieta, o marido e o filho da moça riam de seus pratos saudáveis. Quando os resultados começaram a aparecer, os dois resolveram entrar na linha e também perderam peso. Como o processo de emagrecimento de Rozelita foi baseado em reeducação alimentar e caminhadas, os 21 kg perdidos foram embora e nunca mais voltaram. Viu só como é possível? Então inspire-se nela!


O novo prato de Rozelita

Após atingir o peso recomendado pela nutricionista, Rozelita entrou na fase da manutenção. “Almoço no refeitório da firma. Hoje, meu prato tem 80% de salada, 10% de carne e os outros 10% de arroz e feijão.” Antes, o prato era metade de carboidrato (especialmente massas), metade de carne vermelha. “Eu abusava. Comia muita fritura e nem pensava em saladas e legumes. Demorei para aprender a gostar de comidas mais leves”, conta. Montar o prato como Rozelita começou a fazer durante a reeducação alimentar é essencial para emagrecer com saúde. Além de pouco calóricos, os vegetais são ricos em fibras, o que ajuda bastante a segurar a fome até a refeição seguinte.


Dá-lhe caminhada!

“Desde o início da dieta, larguei o ônibus e passei a caminhar por 40 minutos até o serviço. Na volta, refaço o caminho a pé.” No começo do processo de emagrecimento, a leitora também aproveitava a hora do almoço para andar outros 30 minutos. “Rozelita fez a combinação perfeita: dieta balanceada e prática de atividade física. Essa é a chave para perder peso e manter o corpo conquistado”, explica a nutricionista Danielle.


A família toda ficou em forma

No começo, Rozelita tinha pouco apoio em casa. O marido e o filho preferiam “passar fome” do que comer grãos integrais ou vegetais. “Eles torciam o nariz para tudo o que era light ou diet. Salada, não podiam nem ver na frente.” Aos poucos, o sucesso da dieta de Rozelita foi contagiando os dois. Valdecir, o marido, começou a correr todos os dias e perdeu 12 kg. Gleybson, o filho, de 14 anos, reforçou os treinos de futebol e secou 5 kg. “O mau humor deles no começo do regime aumentou minha vontade de emagrecer. Segui firme com a dieta para mostrar resultado e empolgá-los com a minha mudança. Em casa, hoje sou uma espécie de general. Preparo um jantar leve, com saladas e legumes. Substituí a carne vermelha por frango ou peixe. Assim, consigo controlar o que eles comem pelo menos numa refeição do dia”, entrega Rozelita. Mas uma vez por semana, ela mata a vontade de doces e guloseimas no “dia do lixo”. “Em uma das refeições, posso comer quanto e o que eu quiser”, conta.

Cardápio inserido
div#cardapio_wrap div,div#cardapio_wrap span,div#cardapio_wrap div#cardapio_wraph1, div#cardapio_wraph2, div#cardapio_wraph3, div#cardapio_wrap p, div#cardapio_wrap a, div#cardapio_wrap em, div#cardapio_wrap img,
div#cardapio_wrap strong, div#cardapio_wrap b, div#cardapio_wrap u, div#cardapio_wrap i, div#cardapio_wrap center, div#cardapio_wrap table, div#cardapio_wrap tr, div#cardapio_wrap td{margin:0;padding:0;border:0;font-size:100%;font:inherit;vertical-align:baseline;}
body{line-height:1;}
table{border-collapse:collapse;border-spacing:0;}

div#cardapio_wrap{font-family:Arial,sans-serif;overflow:hidden;width:620px;}
div#cardapio_wrap div#cardapio_header{background-color:#404042;display:table;height:38px;text-align:center;text-transform:uppercase;width:100%;}
div#cardapio_wrap div#cardapio_header span{color:#fff;display:table-cell;font-size:18px;font-weight:bold;vertical-align:middle;}
div#cardapio_table{display:table;overflow:hidden;width:620px;}
div#cardapio_table div.cardapio_column{background-color:#f6f6f6;display:table-cell;padding-bottom:20px;vertical-align:top;width:205px;}
div#cardapio_table div.cardapio_column.middle{border-left:2px solid #fff;border-right:2px solid #fff;background-color:#eeeeee;margin:0 2px;width:206px;}
div#cardapio_table div.cardapio_column div.cardapio_item{float:left;width:204px;}
div#cardapio_table div.cardapio_column div.cardapio_item h3{color:#000;display:block;font-size:14px;font-weight:bold;letter-spacing:0px;margin:15px 0 11px;text-align:center;text-transform:uppercase;width:100%;}
div#cardapio_table div.cardapio_column.bottom div.cardapio_item h3{margin-top:0;}
div#cardapio_table div.cardapio_column div.cardapio_item p{color:#6f6f6f;display:block;font-size:13px;line-height:19px;margin:0 auto;width:90%;}
div#cardapio_table div.cardapio_column div.cardapio_item h4{color:#6f6f6f;display:block;font-size:13px;font-weight:bold;margin:15px auto 0;text-align:left;width:90%;}

@media only screen and (max-width: 620px), only screen and (max-device-width: 620px){
div#cardapio_table,div#cardapio_wrap{width:100%;}
div#cardapio_table div.cardapio_column{background-color:#fff;display:block;float:left;margin:0 0 3px;padding-bottom:0;width:100%;}
div#cardapio_table div.cardapio_column.middle{background-color:#fff;display:block;margin:0 0 3px;width:100%;}
div#cardapio_table div.cardapio_column.middle div.cardapio_item{background-color:#eeeeee;}
div#cardapio_table div.cardapio_column div.cardapio_item{background-color:#f6f6f6;float:left;padding-bottom:20px;width:100%;}
div#cardapio_table div.cardapio_column div.cardapio_item h3{margin:15px auto 11px;text-align:left;width:90%;}
}

br.clear{clear:both}

O cardápio de Rozelita

Café da manhã

Café puro + 1 fatia de pão integral com margarina OU Iogurte natural desnatado + 2 torradas multigrãos + 1 fatia fina de queijo

Almoço

½ escumadeira de arroz integral +½ concha de feijão + salada à vontade + legumes cozidos à vontade + ½ porção de carne, peixe, frango ou ovo + 1 fruta

Lanche 1

Café puro + 2 ou 3 torradas OU 4 biscoitos cream cracker

Continua após a publicidade

Lanche 2

1 fruta

Jantar

2 fatias de pão integral + 1 ovo mexido + salada à vontade +1 xícara (chá) de café com leite

(Cód. Conteúdo: 791397)

Fonte: Danielle Fava, nutricionista da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo.

Publicidade