Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Um quarto para sonhar acordado

Este lindo quarto de casal de 3 x 2,40 m tem espaço para tudo – de roupas e sapatos à TV de parede.

Por TEXTO FLÁVIA PINHO / REPORTAGEM VISUAL TATIANA GUARDIAN E VERÔNICA NAKA (ASSISTENTE) / FOTOS CARLOS CUBI Atualizado em 19 fev 2020, 14h15 - Publicado em 24 set 2015, 10h30

Dormir, assistir TV, utilizar o computador, ler… São tantas as funções do quarto que a gente acaba passando um bom tempo nele. O jeito é organizar e cuidar da decoração. Ao imaginar este ambiente prático e charmoso, a equipe de MINHA CASA pensou naquilo que um casal gostaria e precisaria ter. Contou com a consultoria do designer interiores Roberto Negrete, que somou dicas imperdíveis às ideias da repórter visual Tatiana Guardian. “O quarto, hoje, é um ambiente de repouso, mas também de trabalho, de divertimento e de entrosamento do casal”, avalia Negrete. E tudo isso encontra lugar em uma planta enxuta, desde que haja planejamento. Tanto que aqui couberam a TV fininha pendurada na parede, o notebook usado na cama e até um gaveteiro, que faz as vezes de criado-mudo. “A solução atende perfeitamente aqueles que não dispõem de espaço para um escritório.

A história desta paleta de cores

 O cinza está na moda e foi o ponto de partida: garante a linguagem contemporânea da decoração. Sozinho, porém, deixaria o visual frio. “Veio então a ideia de temperar com verde”, conta Negrete. “É uma cor neutra e gostosa, especialmente à noite, sob iluminação artificial, mas que produz uma atmosfera bastante suave de dia.”

 No momento de definir o tom de verde (Festa Primaveril, acrílico fosco, ref. 6255, da Coral), a almofada de estampa floral serviu de guia. “Analise suas colchas e lençóis e selecione uma tinta que combine com vários deles”, sugere o designer.

 O piso no padrão carvalho foi determinante para aquecer o ambiente. O resultado final, segundo Negrete, é tudo o que se espera de um quarto: “Conseguimos uma paleta de cores bem equilibrada, acolhedora sem ser excitante. Afinal, é um canto de descanso”.

FOTOS CARLOS CUBI

Continua após a publicidade

A composição na parede verde captura o olhar: a galeria de fotos em preto e branco da família destaca uma única imagem colorida. “Não importa que sua história não tenha virado livro. O que vale é o que esses momentos dizem para você. Qualquer lembrança é digna de ser exibida”, defende Negrete.                                                                                                            

FOTOS CARLOS CUBI

Continua após a publicidade

Abaixo o desperdício de espaço: aproveite todos os cantinhos!

Pelo tamanho, o guarda-roupa branco impõe sua presença. Alguns truques, porém, tornam a peça visualmente mais leve: é o caso do espelho e do poético adesivo.

Depois de instalado o armário, sobrou um vão de 37 cm de largura, transformado em sapateira: as prateleiras de MDF, fixadas com mãos-francesas, foram cortadas sob medida. 

Caixas de papelão evitam que os sapatos fiquem expostos. Repare que são todas iguais, mantendo a unidade visual.

Na lateral sem criado-mudo, a luminária de haste, presa a uma das prateleiras, orienta a leitura na cama. 

FOTOS CARLOS CUBI

Continua após a publicidade

A cama do tipo box traz vantagens. Além dos gavetões, perfeitos para abrigar roupas de cama e de banho, o modelo não tem cabeceira e, portanto, ocupa menos área. 

FOTOS CARLOS CUBI

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
Publicidade