Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Um jardim vertical criativo na entrada da casa

A estante multiplicou os encantos da entrada desta casa abraçada pela Mata Atlântica, no interior de São Paulo, e ainda ajudou a amenizar a brisa gelada que tirava o sossego dos moradores

Por Minha Casa Digital Atualizado em 19 fev 2020, 14h47 - Publicado em 2 abr 2015, 10h00

Desacelerar no fim de semana e curtir uma bela paisagem no terraço. Esses eram os desejos de Yara Rangel, dona desta casa de campo em Cajati, no Vale do Ribeira, SP. O cenário parecia perfeito, afinal o imóvel fica no alto de um morro com vista para a floresta. O problema é que  um sopro frio volta e meia insistia em atrapalhar os momentos de relax. Como resolver a questão? “Colocando plantas ali!”, garantiu a designer de interiores e paisagista Rosane Aguiar.  E não é que deu certo? E ainda ficou lindo! 

Como se não bastasse ser útil, o jardim vertical agrada os olhos

Instalada entre um pilar e a fachada, a estante de madeira cumaru funciona como uma divisória que barra parcialmente a passagem de vento sem isolar a área. feita sob medida, a estrutura, que custou cerca de R$ 1 200, deixou a temperatura do ambiente mais agradável.

Com 1,20 x 0,18 x  2,29 m*, a peça é composta de três partes com cinco prateleiras  cada. a largura entre  as colunas é a mesma (37 cm), mas a altura dos nichos varia para  acomodar diferentes tamanhos de planta.

Enfeitam o vistoso  jardim vertical:  (1) antúrio; (2) avenca e bromélia plantadas juntas; (3) peperômia; (4) lambari-roxo; (5) peperômia-zebra; (6) filodendro-pendente; (7) samambaia-crespa; (8) brilhantina; (9) em um só vaso, ripsále e filodendropendente; e (10) peixinho e hera-roxa compartilhando o mesmo local.

Continua após a publicidade
Publicidade