CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR R$ 14,90/MÊS

SOS Casa: como combinar tapetes em salas integradas?

Veja as dicas dos arquitetos Décio Navarro e Clélia Regina Angelo

Por Minha Casa Digital Atualizado em 19 fev 2020, 14h40 - Publicado em 20 abr 2015, 09h26

Pergunta: Como o espaço de estar da minha casa é grande, gostaria de receber uma orientação para  dividi-lo em dois ambientes. Posso usar um tapete em cada local? Rita Soraia Machado, São Paulo

Respostas: “Sim, esse é um ótimo recurso para delimitar as áreas”, atesta o arquiteto paulistano Décio Navarro. Você pode eleger duas peças iguais ou, se quiser incrementar o visual, fazer uma combinação de modelos diferentes.  O jeito mais fácil é usar a mesma cor e variar na tonalidade e na textura dos tecidos. “Um tapete cinza claro de tricô e o outro cinza escuro de material sintético fazem uma boa dupla”, aposta Décio. 

Quer ousar ainda mais?  O casamento de estampas é permitido, e a dica é buscar pontos em comum, como a linguagem dos desenhos e a paleta. A arquiteta Clélia Regina Angelo, de São Paulo, exemplifica: “Se escolher um com fundo fendi e estampas florais bege, repita o fendi da base no segundo e, então, vá de listras finas e coloridas. Uma estampa mais discreta do que a outra é um bom truque para não sobrecarregar a ambientação”. 

Em relação aos formatos das peças, não há regras, tudo depende do tamanho do cômodo e dos móveis que se apoiarão sobre elas. “Vale lembrar que o mobiliário deve se agrupar em torno de cada modelo – poltronas e sofás precisam ter pelo menos os pés frontais dentro dele”, ensina o arquiteto. Para não atrapalhar a circulação, mantenha um afastamento de 70 cm entre os tapetes. 

Continua após a publicidade
Publicidade