Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

Mais uma chance para o banheiro

A única saída para acabar com o revestimento mal colocado foi encarar uma obra

Por Texto: Renata Cattaruzzi / Foto: Zé Gabriel - Atualizado em 19 fev 2020, 14h07 - Publicado em 8 jan 2016, 12h00

A colocação de pastilhas de vidro nas paredes deveria dar cara nova ao banheiro da bibliotecária Hálida Fernandes, de São Paulo, mas acabou saindo desastrosa. “Além dos problemas com o alinhamento e o nivelamento das peças, muitas delas foram quebradas, e o instalador simplesmente resolveu juntar os cacos e aplicá-los com rejunte”, lamenta. 

Diante do péssimo resultado (fotos abaixo), a única saída foi encarar uma segunda obra. A moradora recorreu, então, ao arquiteto Daniel Tesser, cujo trabalho conheceu nas páginas de Minhacasa – na matéria em questão, o profissional apresentava soluções para um lavatório tão pequeno quanto o dela. Assim, Hálida encomendou um projeto que otimizasse a reduzida área de 2,60 m² e, claro, sumisse com o revestimento mal colocado. A obra, dessa vez, rendeu somente boas surpresas.

Antes e Depois:

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Efeitos visuais em prol do espaço

❚ As pastilhas faziam o ambiente parecer ainda menor. Daí a ideia de trocá-las por grandes peças de porcelanato (45 x 90 cm). 

❚ Também contribui para a ampliação visual do cômodo o espelho ocupando meia parede. 

❚ O único banheiro do apê é compartilhado por Hálida, pelo marido e pelas duas filhas, além de servir às visitas. Assim, o boxe ganhou acabamento que imita madeira, separando visualmente a área do banho daquela que atua também como lavabo.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Organizado e arejado

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Ilustração: Alice Campoy

❚ A bancada em L aproveita até o canto atrás do vaso. Como não há gabinete, itens de higiene ficam nos nichos escavados na área do boxe. 

❚ Para ganhar privacidade sem perder luz nem ventilação, a janela recebeu ripas de madeira. Por trás, há plantas artificiais.

Publicidade