Clique e assine com até 75% de desconto

Descubra o que pode e o que não pode ficar no banheiro

Remédio, maquiagem, perfume, toalha, escova de dente destampada... Você se surpreenderá com as recomendações dos especialistas!

Por Minha Casa Digital Atualizado em 19 fev 2020, 12h59 - Publicado em 15 fev 2017, 09h57

“Em contato com a umidade, alguns produtos têm suas características alteradas, e outros facilitam o surgimento de colônias de micro-organismos˝, diz o biomédico Roberto Martins, o famoso Dr. Bactéria. Quando esse for o caso, o item deve ser retirado do cômodo. Mas há muitos produtos que têm passe livre para permanecer nos armários e até sobre a bancada da pia. Saiba quais são eles e entenda o porquê.

Mudança de hábito, proibições e dicas para armazenar corretamente

VASO ABERTO? NUNCA!

✘ Para começar, é preciso saber que o principal foco de contaminação do banheiro é o vaso sanitário. “Ao acionar a descarga, milhares de bactérias são lançadas no ar – elas permanecem vivas por duas horas e infestam os objetos que estão no ambiente”, relata o biomédico. Mas o problema tem fim simplesmente se você mantiver a tampa fechada. Seguindo essa recomendação, alguns itens, como toalha de rosto, sabonete líquido e escovas de dente podem, sim, ficar expostos sem risco à saúde dos moradores.

ATENÇÃO À TAMPA DA LIXEIRA

✘ Para evitar a transmissão de germes, fuja das aberturas basculantes ou dos tipos que exigem manuseio. Prefira os modelos dotados de pedal ou abertura automática.

LUGAR DE MAQUIAGEM É…

✘ …bem longe da umidade! “Caso contrário, produtos, como blush, pó, sombra e base, podem ter a qualidade afetada, assim como os pincéis, que correm risco de embolorar”, diz Giovanna Morell, gerente da empresa de cosméticos Contém1g. Coloque-os em uma caixa, dentro de um armário arejado e seco, fora do banheiro.

REMÉDIOS NEM PENSAR!

✘ O vapor e as temperaturas elevadas do banho certamente alterarão as características dos medicamentos. “A umidade é mais implacável com cápsulas e comprimidos, que esfarelam e podem ter as propriedades inativas”, explica a professora Maria Letice, da Associação Brasileira de Farmacêuticos. Sendo assim, transfira-os para um cômodo fresco e seco – a dica é colocá-los em caixas com divisórias e usar etiquetas com nome e validade.

ESCOVAS DE DENTE NA PIA

✔ Ao contrário do que muita gente imagina, elas podem ficar na bancada e dispensam as capas protetoras – de acordo com o Dr. Bactéria, essas tampinhas representam perigo se as cerdas ainda estiverem úmidas, pois criam um clima ideal para a proliferação das bactérias. “Mantenha o vaso sempre fechado e deixe as escovas sobre a bancada sem medo. Para higienizá-las, lave com água corrente – não passe os dedos nem as seque na toalha – e pingue algumas gotas de gluconato de clorexidina, um antisséptico bucal. Depois basta posicioná-las de pé para que sequem naturalmente”, ensina.

ESMALTES E LÂMINAS

✘ ✔ A umidade também é inimiga dos esmaltes. “Eles precisam ser conservados em local seco, de pé e bem fechados”, orienta Soraia Arraes, gerente da Mundial Impala. Lixas também devem ficar longe do vapor para evitar a multiplicação das bactérias, assim como alicates, cortadores de unha e pinças, que correm o risco de oxidar. Já a lâmina de barbear em uso pode ficar aberta – lave com água corrente e deixe secar naturalmente.

PERFUMES LONGE DA LUZ

✔ Manter os frascos na caixa original é a forma mais adequada de armazená-los e preservar a vida útil das fragrâncias. “Mesmo assim, é melhor que estejam dentro do armário, protegidos da luz direta e das variações de temperatura”, aconselha César Veiga, coordenador da O Boticário. A mesma regra serve para o enxaguante bucal.

Continua após a publicidade

COM PROTEÇÃO, PODE!

✔ Rolos sobressalentes de papel higiênico, cotonete, algodão e absorvente estão liberados, desde que não estejam em contato direto com o vapor. O ideal é manter a embalagem dos produtos ou guardá-los em caixas plásticas com tampa, dentro do gabinete. Lentes de contato podem permanecer sobre a pia se estiverem fechadas em recipiente próprio, assim como as soluções para limpeza, mantidas nas embalagens originais.

CUIDADOS PESSOAIS

✔ Protetores solares são permitidos, já que são formulados para suportar temperaturas altas. Espuma de barbear e loção pós-barba também, entretanto, prefira mantê-las dentro do armário. E, claro, xampu, condicionador, sabonete e pasta de dente têm passe livre – deixe os produtos novos, que aguardam reposição, dentro do móvel. 

✘ Já hidratantes e cremes devem ser retirados do cômodo. “Algumas composições possuem substâncias sensíveis ao calor e à umidade, que podem alterar suas propriedades”, diz Luciana Lofredo, da Johnson & Johnson.

ELETRICIDADE NÃO COMBINA COM UMIDADE

✘ O ideal é que secador, chapinha e outros aparelhos fiquem longe do vapor, pois suas resistências correm risco de enferrujar. Se não houver saída, mantenha-os em caixas fechadas, dentro do gabinete.

TOALHAS E TOUCA LIBERADAS?

✘ ✔ A fim de evitar a formação de bolor nas fibras do tecido, reserve um local seco e arejado, fora do cômodo, para guardar o enxoval completo de banho. Porém, não é preciso ser radical: um jogo de toalhas, que será usado na próxima troca, pode ficar no banheiro. Também para evitar o bolor, a touca de banho deve secar ao ar livre – a dica é fixar um ganchinho na parede e pendurá-la.

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade