Clique e assine Claudia a partir de R$ 5,90/mês

Confira os 3 principais trunfos do projeto desse escritório

A responsável é a arquiteta Manoela Py

Por Minha Casa Digital - Atualizado em 19 fev 2020, 14h50 - Publicado em 20 mar 2015, 13h20

1 PARA REFLETIR BEM

Espelhos ampliam qualquer espaço, mas requerem certo cuidado. “Devem ficar diante de algo cuja imagem valha a pena ser duplicada – neste caso, a janela com vista para a rua”, diz Manoela. Repare que a peça (1,06 x 1,70 m) está alinhada com a última prateleira da estante, que coincide com a altura da porta (na parede oposta à do móvel), criando harmonia entre os três elementos.

2 MARCENARIA INTEGRADA

A estante de MDF mistura dois acabamentos: laminado em padrão de madeira e laca branca. Seus nichos têm a mesma largura (47,5 cm) das gavetas e portas do gabinete inferior, que, para poupar espaço, integra a bancada para dois (1 x 1,40 x 0,76 m*). Reforçando a unidade visual, os móveis debaixo repetem os acabamentos da estante.

3 PAREDE CHARMOSA E FUNCIONAL

Na parede principal, faixas de linho (similar: ref. 5692/01, Armazém Paludetto, R$  85,97 o metro) foram aplicadas como papel de parede. No trecho entre a estante e o gabinete inferior, o tecido emoldura uma placa de MDF coberta por chapa de aço pintada de branco, que atua como mural.

O cômodo já era utilizado como home office, mas carecia de conforto. Portanto, o novo projeto teve como objetivo conquistar mais espaço para acomodar duas pessoas, além de livros, documentos, fotografias e alguns móveis de valor afetivo, como a charmosa cadeira com assento vermelho, fabricada pelo tio da moradora.

Continua após a publicidade
Publicidade