Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Antes e Depois: Veja a transformação de uma cozinha que dá gosto!

Demorou quase dois anos para que o casal encarasse a primeira reforma no apartamento que compraram, em São Paulo

Por Minha Casa Digital Atualizado em 19 fev 2020, 14h59 - Publicado em 26 fev 2015, 13h12

“Quando nos mudamos, em 2011, fizemos poucos ajustes no imóvel e só depois conseguimos deixar a cozinha do jeito que eu sonhava. A ideia era aproveitar o espaço com armários e trocar o piso. O projeto da marcenaria foi encomendado à arquiteta Marina Barotti e, enquanto aguardávamos sua execução, decidimos aplicar um porcelanato por cima da cerâmica e comprar a nova bancada. A transformação durou uma semana. Com a chegada dos móveis tudo ficou lindo!”

Marcenaria na medida

❚ O maior investimento? Os armários, claro! O aéreo (2,27 x 0,45 x 0,80 m*) tem quatro portas e um nicho aberto (1,56 x 0,45 x 0,23 m). abaixo, o paneleiro conta com porta basculante e gavetão (0,94 x  0,65 x 0,70 m),  nicho deslizante vertical para guardar temperos (0,20 x 0,65 x 0,70 m)  e quatro gavetas (0,40 x 0,65 x 0,14 m cada).

❚ A bancada da pia ganhou 30 cm de área seca − espécie de degrau onde a água não chega  e que serve para apoiar  os ingredientes durante  o preparo das refeições.

❚ Do outro lado, o nicho do micro-ondas (0,66 x 0,45 x 0,40 m) divide a torre em duas partes (medindo 0,66 x 0,45 x 0,91 m cada), que são usadas como despensa. dois nichos abertos  (0,81 x 0,45 x 0,28 m cada) cobrem a geladeira − e alguns centímetros de sobra foram deixados, prevendo uma futura troca por um modelo maior.

❚ Uma folha de laminado fosco (ref. l117, azul royal, da formica), colocada junto à parede, cumpre o papel de lousa.

❚ Realocada para junto da porta do quintal, a mesa (1,70 x 0,70 x 0,75 m) tem só um pé de tubo cromado, pois, do outro lado, é fixada na parede. 

Continua após a publicidade

Antes:

Depois: 

Continua após a publicidade
Publicidade