CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

SescTV exibirá especial com produções indígenas em abril; confira

A partir de hoje, a programação do SescTV recebe o Abril Índigena, com inúmeros conteúdos especiais

Por Kalel Adolfo 2 abr 2022, 12h49

A partir deste sábado (2), a programação do SescTv recebe o Abril Indígena, que irá exibir produções exclusivas até o dia 30. Entre os destaques, estão o documentário “Educação Escolar Indígena” e a série “Amazônia, Arqueologia da Floresta”.

Esta seleção especial de conteúdos é realizada desde 2019, e foi desenvolvida pela área “Povos Indígenas”, do Programa Diversidade Cultural do Sesc SP, que busca exaltar e promover a diversidade cultural dos povos nativos de nosso país.

“Essa ação em rede pretende colaborar para a desconstrução da ideia estereotipada do indígena selvagem e isolado, que vive em terras distantes incrustadas nas florestas, revelando a atualidade e a dimensão local de suas existências, resistências, demandas, saberes e fazeres”, declarou Tatiana Amaral — Assistente da Gerência de Estudos e Programas Sociais do Sesc São Paulo.

Programação do Abril Indígena

O filme “Educação Escolar Indígena”, dirigido por Camilo Tavares, abre a programação do especial online promovido pelo SescTV. A obra aborda os desafios e parâmetros para a educação escolar índigena no Brasil, levando em conta tradições, história da etnia e confecção de artesanato na formação de crianças e jovens.

Entre os dias 9 e 23 de abril, serão exibidos oito curtas e longa-metragens produzidos e dirigidos por cineastas indígenas. Os temas vão de espiritualidade à luta por Terras Indígenas.

Já a série “Amazônia, Arquiteturas da Floresta” encerra o especial, e contará com quatro episódios que acompanham as pesquisas realizadas no sítio arqueológico Monte Castelo, em Rondônia. Lá, foram encontradas restos de fauna, sementes de plantas, cerâmicas e ossos humanos, que ajudam a recontar a trajetória dos primeiros povos da Amazônia há 4000 anos. Fantástico, né?

Confira a programação completa:

Educação Escolar Indígena

Direção: Camilo Tavares
Brasil, 2003, 52 min.

  • Sábado, 2/4, 22h

Cine Kurumin — Festival Internacional de Cinema Indígena

  • Sob demanda: 9/4

Filmes:

Mitos Indígenas em Travessia

Dir.: Julia Vellutini & Wesley Rodrigues
Brasil, 2019, 21 min., animação.

Continua após a publicidade

  • Sábado, 9/4, 22h

As Hiper Mulheres

Dir.: Arlos Fausto, Leonardo Setted.
Brasil, 2011, 80 min., documentário.

  • Sábado, 9/4, 22h20

Kaapora, o Chamado das Matas

Dir.: Olinda Muniz Wanderley — Yawar
Brasil, 2020, 20 min, docuficção.

  • Sábado, 16/4, 22h

A Gente Luta mas Come Fruta

Dir.: Wewito Piyõko
Brasil, 2006, 40 min, Documentário.

  • Sábado, 16/4, 22h20

Nguné Elü, O Dia em que a Lua Menstruou

Dir.: Maricá Kuikuro, Takumá Kuikuro
Brasil, 27 min., 2004, Documentário

  • Sábado, 16/4, 23h

Agahü: o Sal do Xingu

Dir.: Takumã Kuikuro.
Brasil, 2 min, 2020.

  • Sábado, 23/4, 22h.

Pi’õnhitsi – Mulheres Xavante sem Nome

Dir.: Divino Tserewahú e Tiago Campos Torres
Brasil, 2009, 53 min, Documentário.

  • Sábado, 23/4, 22h

Má É Dami-Xina – Já me Transformei em Imagem

Dir.: Zezinho Yube.
Brasil, 2008, 32 min. Documentário.

  • Sábado, 23/4, 23h

Série – Amazônia, Arquiteturas da Floresta

Episódio 1 – A Terra dos Povos.
Episódio 2 – As conchas e os ossos.
Episódio 3 – O tabaco e a cerveja.
Episódio 4 – Cemitério Bacabal.

  • Estreia: 30/4, às 20h

Você pode conferir todas as produções nas datas indicadas através deste link.

Continua após a publicidade

Publicidade