CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

O estilo de Lera Lynn, a cantora por trás da trilha sonora de True Detective

Com um elenco repleto de astros de peso, a cantora Lera Lynn é a estrela revelação da segunda temporada de True Detective.

Por Luísa Graça (Colaboradora) Atualizado em 21 jan 2020, 19h56 - Publicado em 9 ago 2015, 07h00

Desde o primeiro episódio, nos perguntamos quem é a garota por trás da voz angelical e das melodias assombrosas que servem de trilha para as conversas de bar de Colin Farrell, Rachel McAdams e Vince Vaughn (e ficam em nossa cabeça depois de cada episódio) na nova temporada de True Detective, série da HBO.

Na verdade, antes mesmo do primeiro episódio, com o lançamento do teaser, Lera Lynn, a cantora americana, causou comoção entre comentaristas de YouTube e usuários de Shazam e afins com a balada bluesy The Only Thing Worth Fighting For. De quem é essa voz?

Em colaboração com lendas da música popular americana como Rosanne Cash e T Bone Burnett, Lera escreveu sobre amores perdidos, vícios e desilusões especialmente para a série. “Sendo sincera, algumas das experiências mais intensas que tive tocando ao vivo aconteceram em bares como o da série. Você pode ver os olhos das pessoas… Intimidade pode ser bem intimidante!”, contou em entrevista à ESTILO.

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=mjg43nzSYck%5D

Lera cresceu no sul dos Estados Unidos entre cidades do Texas, Louisiana e Georgia, se alimentando de influências musicais que vão do country ao blues, tão diversas quanto seu estilo, construído sobre peças vintage, de vestidos dos anos 40 a camisas de tecido africano. “Eu tenho um chapéu enorme, nada prático, principalmente porque tenho várias trocas de guitarra durante um show. Ainda assim, sacrifico meu tempo tirando e pondo o chapéu a cada troca. Isso é que é dedicação”, brinca.

Foi em Nashville, no Tennesse, que se estabeleceu e onde há muito tempo tem se dedicado para além de chapéus pouco práticos, buscando um lugar ao sol na capital musical do país. Tudo indica que, aos 31 anos, chegou sua hora. “Estou impressionada com a quantidade de mensagens que tenho recebido, como: ‘Ouvi sua música na HBO e comprei todos os seus discos! Te vejo no próximo show’”, diz, surpresa.

“Embora minha jornada na música tenha começado há bastante tempo, sinto que estou apenas começando. Há tantas coisas mais para aprender e explorar, tantas pessoas com quem posso me conectar com minha música”. Seu último respiro como a cantora junkie de True Detective acontece neste domingo, dia em que a temporada chega ao seu final, mas é certo dizer que não será a última vez que ouviremos Lera Lynn.

A season finale de True Detective vai ao ar neste domingo na HBO Brasil.

Continua após a publicidade

Publicidade