Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Nova rede social da Sephora viraliza selfies e produtos de beleza

O Beauty Board é um ambiente online gratuito, que poderá ser acessado pela web ou pelo app mobile, disponível para Android e IOS. Confira:

Por Maria Eduarda Mallet Atualizado em 21 jan 2020, 07h29 - Publicado em 20 jul 2016, 15h42

Ativo nos Estados Unidos desde o ano de 2014, a rede social Beauty Board acaba de chegar ao Brasil. A Sephora, maior rede de produtos de beleza do mundo, lança sua primeira plataforma de social commerce, que agrega conteúdo ao e-commerce e o transforma em uma ferramenta para o consumidor.

O Beauty Board é um ambiente online gratuito, que pode ser acessado pela web ou pelo app mobile e já está disponível para Android e IOS. Nele, os consumidores da marca poderão produzir e compartilhar conteúdo – fotos, textos e tags –, tudo diretamente ligado ao seu e-commerce.

Divulgação
Divulgação

A plataforma funciona da seguinte maneira: a pessoa cria seu perfil no Beauty Board e pode compartilhar suas fotos e dicas de maquiagem. A diferença em relação a uma simples rede social é que, ao taggear os produtos utilizados para compor o look, o usuário que quiser saber mais informações sobre aquele item ou tiver interesse em comprá-lo, será direcionado ao e-commerce da Sephora. 

O Beauty Board reúne todas as informações em um só lugar – dicas de outros usuários sobre aquele item, imagem do resultado final, informações, preço e link para realizar sua compra. Para navegar é muito simples: Busque pela tag com o nome da marca, do look ou do produto favorito, e o consumidor encontrará tudo que foi postado sobre o item desejado

Divulgação
Divulgação

“O Beauty Board também é importante para que a marca conheça cada vez mais seu cliente e possa atendê-lo ainda melhor. Teremos acesso aos estilos, às preferências e às formas de se maquiar das nossas consumidoras. Isso nos permitirá consolidar uma base de informações sobre nossos clientes muito rica, o que poderá – no futuro – nos auxiliar a trazer novos produtos e a encantar nossas consumidoras”, explica o diretor de E-commerce da Sephora, Fábio Pereira.

Divulgação
Divulgação



“Criamos um híbrido de rede social e comércio, uma vez que a pessoa se diverte com as postagens realizadas e acompanha, ao mesmo tempo em que tem ciência de estar em um ambiente de compra, pois, se gostar de algum batom que viu na rede, pode, em apenas um clique, adquiri-lo. O usuário não vai precisar vasculhar a internet para descobrir qual é a cor, onde vende e quanto custa – tudo isso estará disponível em um só lugar”, complementa Simone Sancho, Gerente de CRM da Sephora.

Continua após a publicidade
Publicidade