Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Legalmente Loira: há 15 anos era lançado o melhor filme da sua adolescência

E Reese Witherspoon não deixou a data passar em branco.

Por Lucas Castilho Atualizado em 21 jan 2020, 07h47 - Publicado em 13 jul 2016, 16h13

Ei, dá para acreditar? Mas há 15 anos, em um ensolarado cinema de Los Angeles, “Legalmente Loira”, basicamente um clássico, estreava. Sim, já faz tudo isso de tempo que Elle Woods (Reese Witherspoon), um dos melhores seres humanos que a sétima arte já criou, entrou em nossas vidas.

.
.

Para ler escutando: “Perfect Day”, da Hoku, trilha-sonora do filme. 

Sim, faz quase duas décadas que a presidente da Delta Nu nos ensinou diversas lições de sororidade: mulheres não são inimigas, afinal! Elle mostrou que uma mulher não pode ser julgada pela aparência (qual o problema dela gostar de rosa?) e que, sim, é possível lutar contra a cultura patriarcal da faculdade de Direito de Harvard – melhor, dá para vencê-la.

Leia Mais: 47 coisas que seriam diferentes se “O Diabo Veste Prada” fosse gravado hoje

E, bem, apresentou, também, o “abaixar e abocanhar”, porque, né, uma garota empoderada faz o que quiser – até mesmo lançar mão de um truque com ~99%~ de eficácia para chamar a atenção de um cara. E, em homenagem ao 15° aniversário do longa, olha só quem resolveu recriar a cena:

Ela mesma, Reese Witherspoon! Continua a mesma coisa, não é mesmo? Relembre a cena:

.
.

Dá uma “saudadinha”, né? Principalmente, por causa da maior lição do filme: você só deve ser você mesma e aceitar os outros do jeito que são. Dessa forma, Elle Woods venceu em Harvard e, lógico, em nossos corações. Melhor filme da adolescência! <3

 

Continua após a publicidade
Publicidade