Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

Filmes nacionais e inesquecíveis dirigidos por mulheres

Confira alguns longas de sucesso que contaram com a direção de cineastas brasileiras!

Por Priscila Doneda - Atualizado em 21 jan 2020, 17h13 - Publicado em 5 nov 2015, 07h52

Há quem defenda que o Dia do Cinema Brasileiro é comemorado no dia 19 de junho, data em que Afonso Segreto, o primeiro cinegrafista e diretor do País, registrou as pioneiras imagens em movimento do território brasileiro, em 1898. Mas também há quem acredite que a data deve ser comemorada em 5 de novembro, dia em que foi feita a primeira exibição pública de cinema no Brasil. Por isso, fizemos uma seleção para relembrar algumas produções que foram icônicas para o nosso cinema e que foram dirigidas por mulheres, relembrando a importância de valorizar o trabalho dessas profissionais e também de filmes que colocam o gênero feminino como protagonista. Confira!

Carlota Joaquina – A Princesa do Brasil

Lançado em 1995, o longa tem direção de Carla Camurati e é considerado um dos grandes sucessos do cinema brasileiro. Estrelado por Marieta Severo e Marco Nanini, o filme retrata, de maneira histórica e satírica, o período da monarquia portuguesa e da elevação do nosso país a Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves.

Bicho de Sete Cabeças

Dirigido pela brasileira Laís Bodanzky, foi lançado em 2001 e narra a trajetória de Neto (Rodrigo Santoro), um jovem de classe média enviado a um hospital psiquiátrico após seu pai encontrar um cigarro de maconha no bolso de seu casaco.

Cidade de Deus 

Sendo um dos filmes de maior prestígio do cinema brasileiro, Cidade de Deus contou com a direção de Kátia Lund e Fernando Meirelles. O longa foi lançado em 2002 e relata a história de garotos que cresceram em comunidades carentes do País. A obra teve quatro indicações ao Oscar e já foi homenageada, inclusive, com um documentário, o Cidade de Deus – 10 anos depois.

Continua após a publicidade

Cazuza – O Tempo Não Para

Com direção de Sandra Werneck e Walter Carvalho, o filme, que foi lançado em 2004, conta o louco percurso profissional e pessoal de Cazuza (Daniel de Oliveira). A história relata momentos marcantes do ídolo musical, desde o início de sua carreira, em 1981, até a sua morte, em 1990.

Elena

Com direção de Petra Costa, o documentário foi lançado em 2012 e foi recebido com muitos elogios, tanto do público quanto da crítica. O longa trata, com delicadeza e sensibilidade, a história da busca de Petra por sua irmã mais velha, Elena Andrade. 

Que Horas Ela Volta?

Dirigido por Anna Muylaert, o filme foi um dos principais lançamentos do cinema nacional neste ano. Além de ter sido aclamado pelo público e pela crítica mundial, é um dos queridinhos para a indicação ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro.

O longa relata a história de Val (Regina Casé), uma pernambucana que se mudou para São Paulo a fim de dar melhores condições de vida para sua filha, Jéssica (Camila Márdila). Depois de treze anos trabalhando em uma casa de família e cuidando dos filhos dos patrões, Val precisa que eles aceitem a chegada de sua filha, que pretende prestar vestibular na cidade grande.

Continua após a publicidade

 

 

Publicidade