Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

É hora (mesmo) de fazer as malas?

Morar fora é uma experiência muito rica, mas não é a solução de todos os seus problemas

Por Thalita Milan (colunista) Atualizado em 21 jan 2020, 20h20 - Publicado em 23 jul 2015, 14h26

Depois que saí do Brasil, percebi que muitas pessoas têm uma visão um pouco romantizada sobre morar em outro país. Amigos ou conhecidos sempre comentam comigo que sonham em fazer a mesma coisa, já que a vida lá fora parece ser bem melhor.

Morar fora é realmente uma experiência de vida bem intensa e cheia de aprendizados. É uma grande jornada, que vai te ensinar muito mais sobre você mesma do que você imagina. Entretanto, fazer as malas apenas por achar que viver em outro lugar é a solução de todos os seus problemas, é um grande erro.

A necessidade de tentar algo novo não pode ser vista como um remédio mágico para os seus dilemas pessoais. Isso porque nós levamos nossos problemas e conflitos junto com a gente, dentro da bagagem, para onde quer que a gente vá. E os danados sempre dão um jeito de aparecer, quando a gente menos espera. Saiba diferenciar o que te motiva verdadeiramente a sair do Brasil por um tempo:

São bons motivos pra mudar de país: 

Reprodução
Reprodução

A vontade de aprender uma língua nova

Se você sempre quis melhorar o seu nível de inglês ou aprender uma língua diferente, morar fora é uma ótima oportunidade para poder inserir em seu currículo que você possui fluência em vários idiomas.

O desejo de conhecer novas culturas e lugares

Sempre teve curiosidade de ver como é a vida em outros países? Como as diferentes culturas lidam com o trabalho, a família, além de outras áreas da vida? Então abrir os seus horizontes vai saciar, e muito, essa sua sede pelo desconhecido.

Ter uma experiência de trabalho no exterior

O seu currículo está precisando de um upgrade e você acredita que uma experiência de trabalho em outro país pode te ajudar a alavancar a carreira? Então comece já a procurar emprego e se planejar para poder dar esse novo passo na sua vida profissional.

Continua após a publicidade

A busca pelo autoconhecimento

Morar fora vai mostrar a você os seus piores defeitos, mas também qualidades que você nunca imaginou que teria. Viajar é, no geral, uma boa maneira de se conhecer melhor e amadurecer.

Não são bons motivos para mudar de país:

Divulgação
Divulgação

Você está insatisfeita com a vida de modo geral

Estresse no trabalho, decepções amorosas, problemas financeiros ou outros grandes conflitos pessoais? Simplesmente mudar de país não vai resolver nada disso. É melhor tentar cuidar de si mesma antes de tomar essa decisão e só partir depois que tiver a certeza de que “em casa” está tudo bem.

Você acha que a vida lá fora é mais fácil e melhor

Não é preciso dizer que é errado comparar o Brasil com países de primeiro mundo. Cada lugar tem suas qualidades e defeitos. Discorrer sobre a violência no Brasil e a infra-estrutura de cidades européias não é o foco desse texto. Mas muitas pessoas tendem a achar que a vida “lá fora” é necessariamente melhor, sem entender que quem resolve sair também passa por vários perrengues!

Extrema burocracia nos órgãos públicos, dificuldade em se adaptar à cultura local, complicações com visto e documentação, problemas para procurar um novo emprego são apenas alguns desses obstáculos. Agora, imagine-se tendo que lidar com tudo isso em outra língua e longe de casa. Você está mesmo preparada?

Divulgação
Divulgação

Se você pesar tudo isso na balança e perceber que está pronta para o que der e vier, então boa sorte. Agora, se você acha que ainda tem outras questões para resolver consigo mesma antes de tomar uma decisão grande como essa, respeite o seu ritmo e planeje tudo com calma. Morar fora é uma experiência muito interessante para qualquer pessoa, mas apenas quem estiver com o coração tranquilo e a mente aberta para o novo vai saber aproveitar os benefícios dessa jornada.

Continua após a publicidade
Publicidade