CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

Como Bridgerton: 5 romances de época para ver na Netflix

Separamos 5 filmes cheios de romance, cenários inspiradores e figurinos incríveis para maratonar no final de semana

Por Da Redação 1 abr 2022, 09h22

Com a chegada da segunda temporada na Netflix, a série Bridgerton apenas confirma o que a primeira já havia deixado claro: ela é um tremendo sucesso mundial, e as pessoas não podem esperar para ver mais! Se você – assim como a maioria dos fãs – já terminou todos os episódios e ficou com aquela sensação de quero mais, saiba que pelo menos é possível navegar por conteúdos similares enquanto aguarda pela terceira (e já confirmada) parte. Então se prepara para a maratona e vem com a gente aproveitar esses 5 romances de época.

Orgulho e preconceito

É quase impossível não notar similares nos livros de Julia Quinn (Bridgerton) e de Jane Austen (Orgulho e Preconceito) – que parece ter sido a grande inspiração da autora moderna. E entre os clássicos de Austen, está o aclamado título, que é praticamente obrigatório – tanto em livro, quanto em filme – para os fãs dos romances. O filme, uma adaptação bastante fiel da obra original, acompanha Elizabeth Bennet (Keira Knightley), uma jovem pressionada pela mãe a encontrar um marido, e suas irmãs. Quando ela conhece o rico e esnobe Darcy (Matthew Macfadyen), ela acaba por perceber que o preconceito e o orgulho podem te impedir de enxergar a verdade sobre as pessoas, e que o ódio ou desdém podem muito bem encobrir um grande amor.

Razão e Sensibilidade

Outro clássico de Jane Austen a ser adaptado para as telas, Razão e Sensibilidade acompanha duas irmãs (Emma Thompson e Kate Winslet), que são deixadas sem nenhuma herança após a morte do pai. Elas então são obrigadas a encarar as dificuldades financeiras e as cobranças pelo casamento. Enquanto a mais nova é romântica e sonhadora, a mais velha lida com a vida de maneira prática e sacrifica o seu amor pela felicidade da outra.

Emma

Continua após a publicidade

Adaptado do livro homônimo de Jane Austen (notou um padrão?), o filme mais recente acompanha Emma (Anya Taylor-Joy, de O Gambito da Rainha), uma jovem rica que adora brincar de casamenteira, encontrando parceiros para amigas e conhecidas. A sua mania de se meter na vida (e romances) alheia gera algumas confusões, rende boas risadas e também muitos suspiros. Será que não é chegada a hora dela pensar no próprio coração?

Adoráveis Mulheres

O filme, adaptado do romance de 1868, Mulherzinhas, de Louisa May Alcott, traz no elenco nomes de peso, como Emma Watson, Saoirse Ronan, Florence Pugh, Laura Dern, Meryl Streep e Timothée Chalamet. Ele acompanha uma protagonista rebelde, que sonha em ser escritora e abomina a ideia de ser presa em um casamento – o que não significa que ela não possa ser arrebatada pelo amor. Vale lembrar que o filme venceu o prêmio de Melhor Figurino no Oscar de 2020.

A Duquesa

Georgiana Spencer (Keira Knightley), se casa com o prestigiado duque de Devonshire (Ralph Fiennes), no século 18. Perspicaz e determinada a ser mais do que apeans uma esposa, a jovem impressiona a corte inglesa enquanto tenta realizar o desejo do marido de ter, sem sucesso, um filho homem.

 

Continua após a publicidade

Publicidade