Clique e assine com até 75% de desconto

16 séries com mulheres f*das para assistir

Spoiler: nenhuma delas possui poder mágico para salvar o mundo. Elas só são incríveis mesmo.

Por Lucas Castilho Atualizado em 21 jan 2020, 23h40 - Publicado em 24 abr 2015, 06h01

 

1. Unbreakable Kimmy Schimdt

Status: 1º temporada

Quem é f*da? Kimmy Schimdt 

Por que assistir? Trancafiada por 15 anos numa espécie de abrigo subterrâneo por uma seita maluca, Kimmy (Ellie Kemper) tinha tudo para se tornar uma pessoa amargurada… Mas ela não quer saber de choramingar o tempo perdido, quer é conhecer o mundo que por tanto tempo foi privada de explorar. Corajosa e otimista, ela se muda para NY, arranja um emprego de babá na casa da ricaça maluca Jacqueline (Jane Krakowski) e com a ajuda de seu hilário melhor amigo Titus (Tituss Burgess) corre para realizar todos os seus sonhos, que incluem colocar atrás das grades o homem que a sequestrou, comer todos os doces do mundo e terminar o Ensino Médio. Tudo isso, claro, embalado pelo texto crítico, pop e feminista de Tina Fey.

Onde assistir: Netflix.

2. Girls

Status: 4ª temporada (hiatus)

Quem é f*da? Hannah, Jessa, Marnie e Shoshanna

Por que assistir? Ok, Hannah (Lena Dunham), Marnie (Allison Williams), Jessa (Jemima Kirke) e Shoshanna (Zosia Mamet) não são as melhores pessoas do mundo, pelo contrário, elas são egoístas, autocentradas e, por muitas vezes, mesquinhas. Mas todas têm apenas 20 e poucos anos e na grande selva que é NY ainda estão tentando encontrar o seu caminho no mundo, com erros e acertos – com muito mais erros, na verdade. Escrita, produzida, dirigida e estrelada por Lena, a série já está no seu quarto ano e conquistou um público fiel que se identifica com as situações e temas propostos que vão desde as dificuldades de manter um namoro nos dias atuais até a defesa de que a mulher pode abortar sem ter que conversar com o pai da criança. Ah, a trilha sonora incrível é um show!

Onde assistir: HBO

3. The Good Wife

Status: 6ª temporada (5ª no Brasil)

Quem é f*da? Alicia Florrick

Por que assistir? Quem não curte uma boa história de superação? A série narra a jornada de Alicia Florrick (Julianna Margulies) que de esposa traída por seu marido político, vira sua vida de ponta cabeça ao decidir voltar ao trabalho após anos dedicada ao lar. A parte boa é que aos poucos ela vai redescobrindo seu potencial como advogada (muito) talentosa e, principalmente, entre um copo de vinho e outro, recupera a fé em si mesma. A série não é um estouro de audiência nos Estados Unidos, mas por causa de seu texto inspirado faz muito sucesso entre os críticos especializados, além de sempre marcar presença nas premiações. Julianna, por exemplo, já ganhou duas vezes a estatueta de Melhor Atriz no Emmy por sua performance. Recentemente, a atração passou por uma grande reformulação que incluiu, além da morte de um dos personagens principais, a guinada da protagonista para uma carreira política. Algo que deu ainda mais fôlego para o show.

Onde assistir: Universal Channel e Netflix

4. Orange is the New Black

Status: 3ª temporada

Quem é f*da? Todas as personagens femininas!

Por que assistir? Talvez o programa como mais personagens femininos de toda a TV norte-americana, “OITNB” não é só sobre a saga da protagonista Piper Chapman (Taylor Schilling), presa por no passado ter traficado drogas, mas, sim, sobre histórias humanas de mulheres reais (tá, algumas nem tanto, afinal é uma comédia) que foram parar na penitenciária de Litchfield pelos mais variados motivos. Aos poucos, conhecemos a vida de cada uma delas e a medida que isso acontece, é certo: nos apaixonamos ainda mais por essas presas. <3 Queridinha das premiações, é o tipo de série “binge worthy”, aquela que você fica tão interessada que é capaz de assistir a todos os episódios de uma vez só. A terceira temporada estreia no dia 12 de junho. 

Onde assistir: Netflix

5. Broad City

Status: 2ª temporada (hiatus)

Quem é f*da? Ilana Glazer e Abbi Jacobson

Por que assistir? O que pode ser mais legal do que assistir uma série sobre duas melhores amigas na casa dos 20 poucos anos aprontando todas de forma descontraída por NY? Somente uma série sobre duas melhores amigas na casa dos 20 e poucos anos aprontando todas de forma descontraída por NY! “Broad City”, além de fazer humor com situações que toda jovem adulta passou ou vai passar, é isso: a amizade inabalável das doidas adoráveis Abbi e Ilana e já vale só por isso. Amy Pohler é a produtora do seriado e até fez uma ponta do final da primeira temporada.

Onde assistir: Não é exibida no Brasil na TV…

6. Scandal

Status: 4ª temporada

Quem é f*da? Olivia Pope

Por que assistir? Olivia Pope (Kerry Washington) é muito mais do que uma mulher com bordões (“It’s handled!”), ela é uma mulher poderosa, dona de si, dona de uma empresa de gerenciamento de crises e, principalmente, alguém que sabe o que quer e não tem medo de se impor – sério, ela é inacreditável! Ok, tem toda aquela parte melodramática do caso ioiô que ela mantém com o presidente dos Estados Unidos, mas, quer saber, como boa feminista, ela não está nem aí para a opinião dos outros! Ela faz o que quer, do jeito que quer e na hora que quer e é isso o que faz da série tão única e sucesso da TV norte-americana.

Onde assistir: Canal Sony e Netflix

7. Masters of Sex

Status: 3ª temporada

Quem é f*da? Virginia Johnson

Por que assistir? ~ Baseada em fatos reais ~, a série narra a vida e o trabalho de William Masters (Michael Sheen) e Virginia Johnson (Lizzy Caplan), casal de cientistas que, na década de 1950, foi pioneiro no estudo do ato sexual humano. Recheada de cenas de sexo, o drama, no entanto se destaca pela abordagem de sua protagonista. Moderna, progressista, Virginia enfrentou todos os preconceitos para ser quem ela era e fazer o que acreditava. Marginalizada apenas por ser a frente de seu tempo, ela discutia sexualidade naquela época como quem pede um hambúrguer na lanchonete. Foi eleita a série mais feminista da TV pela revista “Time” por não fazer “apenas” cenas de sexo e, sim, por fazer cenas de sexo conectadas com a história. 

Onde assistir: HBO

8. Jane the Virgin

Status: 1ª temporada

Quem é f*da? Jane

Por que assistir? A história já é velha conhecida do público brasileiro: a jovem que quer se manter casta até o casamento e, por acidente, é inseminada por uma ginecologista num bad hair day. O que é diferente aqui é a forma como o clichê é mostrado. Jane (Gina Rodriguez, que venceu o Globo de Ouro de Melhor Atriz pela atuação) não se comporta como uma vítima, muito pelo contrário, ela é uma mulher batalhadora que possui os seus sonhos e bastante controle sobre suas decisões. Ela vai ter esse filho porque ela quer ter esse filho, ela se mantém virgem pura e simplesmente porque esse é o seu desejo. Cheia de referências pop, a série também não deixa os amantes de uma boa novela na mão e traz, sim, muito romance, vilania e reviravoltas. 

Continua após a publicidade

Onde assistir: Não é exibida no Brasil na TV…

9. How to Get Away With Murder

Status: 1ª temporada (hiatus)

Quem é f*da? Annalise Keating

Por que assistir? A série não gira em torno do crime cometido no primeiro episódio, claro, acompanhamos curiosas para saber se nossas perguntas serão respondidas: “quem morreu?”, “quem matou”, como morreu?”… Mas mais do que isso, a série nos deixa intrigadas para descobrir quem é Annalise Keating, a competente – e dura – advogada e professora do curso “How to Get Away with Murder”, numa tradução livre “como cometer um crime e se safar”. Poderosa, admirada, odiada… Ela é tudo isso e muito mais! Criado por Shonda Rhymes, a mente por trás de “Scandal”e “Grey’s Anatomy”, o seriado acabou de concluir a primeira temporada nos Estados Unidos e virou febre por lá. Um segundo ano para o programa está nos planos!

Onde assistir: Sony

10. Veep

Status: 4ª temporada

Quem é f*da? Selina Meyer

Por que assistir? Frank Underwood, de “House of Cards”,  que se cuide porque Selina Meyer (Julia Louis-Dreyfus) vem aí! Atrapalhada, divertida, muitas vezes insegura, mas sempre corajosa, a eterna vice-presidente é agora na quarta temporada a chefe máxima dos Estados Unidos. E alguém duvida das loucuras que ela vai aprontar?! Brincadeiras à parte, não existe timing melhor para esse twist: justo no momento em que Hillary Clinton anuncia sua candidatura à presidência, deixando o sonho de uma mulher líder a nação mais rica do mundo algo palpável. Boas séries sempre antecipam eventos reais.

Onde assistir: HBO

11. Orphan Black

Status: 3ª temporada

Quem é f*da? Sarah Manning e todas as suas “irmãs” clones

Por que assistir? Tudo o que você não gostaria de estar é na pela de Sarah Manning (a incrível Tatiana Maslany)… Ela descobre DO NADA ser parte do projeto Leda que criou diversos clones a partir dela e agora, caçada de um lado pelos cientistas que transformaram sua vida numa loucura e de outro por uma seita doidona, precisa lutar por sua sobrevivência, além de embarcar numa jornada de autoconhecimento. Mas o destaque fica mesmo por conta da relação da protagonista com seu melhor amigo Felix (Jordan Gavaris) e suas interações com as novas “irmãs”. Rápido, ágil e cheio de ação, o seriado se difere por colocar mulheres fortes no centro de toda ação: aqui são elas as mocinhas e as vilãs. #cloneclub4ever  

Onde assistir: Netflix (disponível somente a 1º temporada)

12. Madam Secretary

Status: 1ª temporada

Quem é f*da? Elizabeth McCord

Por que assistir? O enredo da série poderia ser resumido por: “De repente secretária de Estado dos Estados Unidos”. Porque é mais ou menos isso o que acontece, a professora universitária e ex-agente da CIA Elizabeth McCord (Tea Leoni) tinha uma vida pacata cuidando de seus três filhos adolescentes ao lado do marido até receber e aceitar o inesperado convite. Agora, na Casa Branca, vai lidar com as dificuldades de se fazer política e, principalmente, de conquistar espaço num ambiente ainda dominado por homens. E a parte divertida é que, ó, ela faz isso muito bem!

Onde assistir: Não é exibida no Brasil na TV…

13. Inside Amy Schumer

Status: 3ª temporada

Quem é f*da? Amy Schumer

Por que assistir? É uma série? É uma programa de esquetes? É um show de stand-up? Sim, é tudo isso e também um diário repleto de confissões e absurdos da protagonista e criadora Amy Schumer, uma das representantes da nova safra de comediantes norte-americanas. Feminista e desbocada, a humorista, aqui, brinca com o papel da mulher na sociedade atual e com os padrões de comportamento impostos. Se à primeira vista o programa pode parecer um tanto esquizofrênico pelo formato inovador, é só dar uma segunda chance que o riso é garantido! A terceira temporada acabou de estrear nos Estados Unidos.

Onde assistir: Não é exibida no Brasil na TV…

14. The Mindy Project

Status: 3ª temporada

Quem é f*da? Mindy Lahiri

Por que assistir? Acompanhando a vida da médica obstetra Mindy Lahiri (Mindy Kaling), a série em todos os episódios passa uma lição valiosa aos telespectadores: autoaceitação. Ela mesma fora dos padrões, tem dinheiro no bolso, uma vida estabilizada, saí por aí pegando geral e não tem vergonha do seu corpo, muito menos de suas atitudes: dormir com o cara no primeiro encontro para ela, por exemplo, não é uma questão, muitas vezes, é apenas uma necessidade. Mindy é o tipo de garota que a gente poderia ter como amiga e melhor do que isso, é o tipo de mulher tão segura de si que é capaz de mandar flores para o namorado em vez de esperar recebê-las – não que desejar isso seja errado. Cheio de referências à cultura pop, o seriado ainda apresenta no seu terceiro ano uma nova fase na vida da protagonista: a abertura da própria clínica e uma feliz gravidez.You go, girl!

Onde assistir: Não é exibida no Brasil na TV…

15. Game of Thrones

Status: 5ª temporada

Quem é f*da? Daenerys Targaryen, Cersei Lannister, Melisandre, Sansa Stark e Arya Stark

Por que assistir? É simplesmente a série mais assistida (e baixada ilegalmente) do mundo! E se isso + as cenas de ação incríveis e o instigante jogo de poder não são motivos suficientes para dar atenção ao programa, considere colocá-lo na sua watchlist só pelas personagens femininas sensacionais. Cada uma a sua maneira – e com suas limitações -, elas comandam, manipulam, lutam e fazem de tudo para chegar ao topo. Girl power puro e mostrado de uma forma poucas vezes vista na TV. 

Onde assistir: HBO

16. Empire

Status: 1ª temporada

Quem é f*da? Cookie Lyon

Por que assistir? Cookie (Tahaji B. Henson) ficou anos presa para que seu marido construísse seu império musical. O que ele fez? Além de abandoná-la, deixou ela aprodecendo sem visitas na cadeia e engatou um romance com uma mulher mais jovem. Agora, livre, essa leoa, dona de um estilo único (ninguém na TV usa melhor estampa de animal do que ela!), quer vingança e quer reconquistar tudo o que é seu e isso inclui, além de muitos milhões, o amor de seus três filhos. Fenômeno sem precedentes nos Estados Unidos, “Empire” já garantiu uma segunda temporada e tem em sua protagonista cheia de frases de efeito e atitude o gás necessário para se manter relevante e interessante por mais um ano. 

Onde assistir: Não é exibida no Brasil na TV…

Continua após a publicidade
Publicidade