Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

15 filmes brasileiros para assistir no cinema em 2016

Tem o novo filme de Anna Muylaert, a cinebiografia de Elis Regina e o primeiro longa-metragem do Porta dos Fundos. Partiu cineminha!

Por Júlia Warken Atualizado em 21 jan 2020, 14h20 - Publicado em 23 fev 2016, 15h37

Mesmo depois de fenômenos à la “Tropa de Elite”, sucessos aclamados como “Que Horas Ela Volta?” e ótimas surpresas como a indicação ao Oscar de “O Menino e o Mundo”, AINDA tem gente que torce o nariz para o cinema nacional. O que é basicamente um crime, minha gente! Mesmo com pouca representatividade no Oscar, o Brasil é figurinha carimbada em outras premiações de peso, como em Berlim e Veneza, por exemplo. Esse ano o festival alemão selecionou três produções daqui: “Mãe Só Há Uma”, “Antes o Tempo Não Acabava” e “Curumim”. Já em Veneza, outras três produções nacionais brilharam em 2015: “Boi Neon” (que só não entrou nessa lista porque já está saindo de cartaz), “Mata-me Por Favor” e “Tarântula”.

Divulgação
Divulgação

E você sabia que o IMDb (maior site sobre cinema do planeta) classifica “Cidade de Deus” como o 21º melhor filme da história? Sabia que há poucas semanas Tim Burton declarou que é fã de Zé do Caixão há anos? Sabia que a produção anglo-brasileira “O Beijo da Mulher Aranha” (protagonizado por Sônia Braga) concorreu ao Oscar de Melhor Filme em 1986? Mesmo sem levar o prêmio para casa, o filme fez história por ser a primeira produção independente indicada à categoria mais importante da premiação!

Tem muita coisa boa sendo feita por aqui e a gente precisa valorizar mais nossos filmes! Prestigiar as produções nacionais é muito importante e assisti-los no cinema também, para dar aquela força a quem batalha pela sétima arte aqui na terrinha. Por isso, a gente listou 15 produções que não dá para perder em 2016.

1. Elis

Divulgação
Divulgação

Protagonizado por Andreia Horta e dirigido por Hugo Prata, o filme conta a história da cantora Elis Regina. O longa foca na trajetória da artista desde a sua chegada ao Rio de Janeiro (ela nasceu em Porto Alegre) até sua morte prematura, aos 36 anos, decorrente do vício em cocaína. Ainda sem data de estreia, o filme deve chegar às telonas no segundo semestre desse ano.

2. Mãe Só Há Uma

Divulgação
Divulgação

Outra grande promessa do ano, por ser o mais novo filme de Anna Muylaert, mesma diretora de “Que Horas Ela Volta?”. Inspirado em uma história real, esse drama familiar retrata a vida de um garoto de 16 anos que passa a viver com outra família quando sua mãe de criação é presa por tê-lo roubado na maternidade. O filme foi exibido no Festival de Berlim e sua estreia está prevista para acontecer esse ano, mas ainda não há uma data definida.

3. Porta dos Fundos – Contrato Vitalício

Divulgação
Divulgação

Com anos de sucesso absoluto no YouTube, é logico que o primeiro longa-metragem do Porta dos Fundos está rodeado de expectativas. Na história, o diretor Miguel (Gregorio Duvivier) e o ator Rodrigo (Fabio Porchat) são BFFs e assinam um contrato dizendo que irão trabalhar juntos para o resto da vida. Só que o diretor some por dez anos, ressurge loucão e descobre que amigo virou uma celebridade. O contrato continua valendo e Miguel decide fazer um filme insano, que pode acabar com a carreira de Rodrigo. Estreia em 30 de junho.

4. O Filme da Minha Vida

Divulgação
Divulgação

Terceiro trabalho dirigido por Selton Mello, esse drama familiar traz Bruna Linzmeyer, Johnny Massaro e o francês Vincent Cassel no elenco. A história gira em torno de um jovem que conclui a faculdade, volta para a cidadezinha natal e descobre que o pai foi embora sem se despedir. O longa é inspirado num livro do chileno Antonio Skármeta, mesmo autor do belíssimo “O Carteiro e o Poeta”. Deve chegar aos cinemas ainda esse ano, mas ainda não há uma data oficial para a estreia.

5. Zoom

Divulgação
Divulgação

Essa comédia ácida mistura live action (cenas com atores) e animação em ritmo acelerado e com pitadas de drama. A trama gira em torno de três personagens: uma cartunista, um famoso diretor de cinema e uma modelo tentando ser escritora. O filme foi produzido numa parceria entre Brasil e Canadá e traz no elenco Gael Garcia Bernal e Mariana Xinemes. Chega aos cinemas em 31 de março.

6. A Luneta do Tempo

Divulgação
Divulgação

Filme de estreia do músico Alceu Valença, o projeto levou 14 anos para sair do papel. No longa, Alceu é diretor, roteirista, produtor e ainda atua! Trata-se de um musical ambientado no sertão pernambucano, protagonizado por Lampião e Maria Bonita. Foi exibido em diversos festivais nacionais e recebeu prêmios como Melhor Trilha Sonora e Direção de Arte no Festival de Gramado. Estreia em 24 de março.

7. O Rei das Manhãs

Divulgação
Divulgação

Figura emblemática dos anos 1980, o palhaço Bozo é vivido por Vladimir Brichta nessa cinebiografia. O filme mostra o sucesso de Arlindo Barreto (o Bozo) no SBT e toda a controversa vida do ator, que teve problemas com crack e cocaína. Essa é a estreia de Daniel Rezende (indicado ao Oscar de Melhor Edição por “Cidade de Deus”) na direção de um longa-metragem.

Continua após a publicidade

8. Mundo Cão

Divulgação
Divulgação

Protagonizado por Lázaro Ramos, o filme é dirigido por Marcos Jorge, que também assina o excelente “Estômago”, de 2007. A trama gira em torno de um homem que perde seu cachorro, descobre que o bicho foi sacrificado pela prefeitura e resolve se vingar. O longa tem também Adriana Esteves no elenco e estreia em 17 de março.

9. Para Minha Amada Morta

Divulgação
Divulgação

Outro filme elogiadíssimo e premiado em diversos festivais no Brasil e no exterior! O longa conta a história de Fernando, um homem lidando com a tristeza e a solidão depois de ter ficado viúvo. Ao descobrir uma antiga fita VHS, ele começa a duvidar da fidelidade da esposa e passa a investigar segredos do passado dela de maneira obsessiva. A estreia está marcada para o dia 31 de março.

10. Um Homem Só

Divulgação
Divulgação

Nesse filme, Arnaldo (Vladimir Brichta) é um homem infeliz que resolve procurar uma clínica de clonagem para resolver seus problemas. A ideia é deixar um clone em seu lugar para poder curtir a vida como bem entender. Dica: se você é fã de “Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembranças” vale a pena conferir esse longa. Mariana Ximenes também está no elenco e ganhou o prêmio de Melhor Atriz no Festival de Gramado. Estreia em 15 de setembro.

11. Apaixonados – O Filme

Divulgação
Divulgação

Você é fã de comédias românticas e de carnaval? Então se joga! Este filme conta três histórias de amor paralelas, todas ambientadas no Rio de Janeiro durante o feriado mais clássico de fevereiro. Nanda Costa, Roberta Rodrigues e o gato Raphael Viana estão no elenco. O longa chega aos cinemas no dia 3 de março.

12. Mate-me Por Favor

Divulgação
Divulgação

Bastante elogiado no Festival do Rio, o filme surpreende por trazer uma trama de suspense ao cinema nacional. Na história, acompanhamos o dia a dia de uma jovem de 15 anos e seu irmão mais velho, cuja rotina é alterada depois de uma série de assassinatos sombrios. O longa-metragem de estreia da diretora Anita Rocha da Silveira foi exibido no Festival de Veneza do ano passado. Chega aos cinemas no dia 21 de abril.

13. A Frente Fria Que a Chuva Traz

Divulgação
Divulgação

Esse filme se propõe a fazer uma crítica social com contornos tipicamente brasileiros e traz uma história bem interessante. No Rio de Janeiro, um grupo de jovens ricos resolve alugar uma laje no Vidigal para organizar festas, mas a entrada de membros da comunidade está totalmente proibida. Acostumados à vida fácil, eles achavam que nada poderia dar errado, mas as coisas começam a sair do controle. O longa estreia em 24 de março.

14. Quase Memória

Divulgação
Divulgação

Com uma trama fantasiosa, que remete ao teatro do absurdo, o filme conta a história de um homem que se encontra com ele mesmo em sua versão mais velha. Juntos, “os dois” revivem memórias e relembram, em especial, momentos vividos ao lado do pai. A obra, que ganhou o Prêmio Especial do Júri no Festival do Rio, ainda não tem data de estreia, mas deve chegar aos cinemas ainda em 2016.

15. Big Jato

Divulgação
Divulgação

Ambientado no interior do Nordeste, o filme conta a história de Francisco, um menino que acompanha seu pai a bordo do Big Jato, um caminhão-pipa que leva saneamento básico a povoados pobres. O filme é uma adaptação do livro homônimo de Xico Sá e traz Matheus Nachtergaele no elenco. A previsão é de que chegue aos cinemas ainda esse ano, mas ainda não há data oficial de estreia.

 

Continua após a publicidade
Publicidade