CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

10 mulheres incríveis que estampam dinheiro ao redor do mundo

Cerca de 92% das cédulas e moedas atuais são ilustradas pelo rosto de homens. Saiba quem são 10 entre as incríveis mulheres que subverteram essa lógica.

Por Giovana Feix Atualizado em 20 jan 2020, 18h55 - Publicado em 7 mar 2017, 16h51

Quem sabe você nunca tenha parado para pensar nisso – afinal, o ~look~ andrógino de Marianne, símbolo da República que está nas notas brasileiras, confunde muita gente -, mas o Brasil é exceção, quando o assunto é o rosto que ilustra as preciosas cédulas de cada país. A presença de mulheres nesta área não é (nada) comum.

De acordo com um levantamento informal realizado pelo Huffington Post, em comparação às mulheres, a porcentagem de homens estampados em notas e moedas ao redor do mundo é de cerca de 92%.

Esses números mostram um cenário completamente desproporcional e um tanto quanto simbólico, pois os personagens que ocupam um lugar tão nobre quanto o dinheiro precisam ter sido bastante relevantes em suas sociedades. O fato de só 8% das pessoas escolhidas para essa função serem mulheres diz muito sobre a desigualdade de gênero no mundo.

Em abril do ano passado, os Estados Unidos alegaram estar preparando algumas mudanças em suas notas de 5, 10 e 20 dólares – dentre elas, a inclusão do retrato de várias mulheres nas ilustrações. Especificamente na cédula de 20 dólares, está planejado que o desenho de um dono de escravos, Andrew Jackson, seja substituído pelo de uma ex-escrava e abolicionista, Harriet Tubman. Não é incrível?

Conheça 10 mulheres maravilhosas (e reais) que, por conta de suas conquistas, foram escolhidas para estampar a moeda local. Porque mulher tem muito valor! 

Frida Kahlo – México

agcuesta/ThinkStock

No país natal dessa pintora incrível, um de seus famosos autorretratos foi escolhido, junto do quadro “Abraço de amor do Universo, a Terra (México), eu, Diego e Senhor Xolotl” para ilustrar a nota de 500 pesos. Além de Frida, também há outra mulher no dinheiro mexicano: a escritora do século 17 Sor Juana Inés de la Cruz, que aparece nas notas de 200 pesos.

Evita Perón – Argentina

CaptureLight/ThinkStock

Além de ser homenageada com filmes e musicais, a Primeira Dama mais famosa da história argentina também foi imortalizada na nota de 100 pesos. Fora ela, Manuela Rosas, uma ativista política, é retratada ao lado do pai (o político Juan Manuel de Rosas) na nota de 20 pesos.

Rainha Elizabeth II – Inglaterra

Matt Cardy/Freelancer/Getty Images

Desde 1960, todas as cédulas da libra esterlina contam com ilustrações da Rainha Elizabeth II. Com isso, a Inglaterra é o país com o maior número de notas com mulheres.

Kate Sheppard – Nova Zelândia

O dinheiro neozelandês tem uma homenageada em comum com a Inglaterra: a Rainha Elizabeth II. Há ainda outra mulher, porém, escolhida para representar o país em suas cédulas. Trata-se de Kate Sheppard, uma sufragista que ajudou a Nova Zelândia a se tornar o primeiro país do mundo a garantir o direito universal ao voto – tanto a homens quanto a mulheres. Incrível, não? Kate estampa a nota dos 10 dólares neozelandeses.

Continua após a publicidade

Rachel Bluwstein – Israel

The Bank of Israel/Reprodução

Em 2013, o governo de Israel garantiu que as notas de 20 e 100 novo shekel fossem estampadas pelo rosto de mulheres ilustres da literatura nacional. As escolhidas foram a poeta, autora e especialista em literatura Leah Goldberg e a poeta Rachel Bluwstein.

Jenny Lind – Suécia

scanrail/ThinkStock

A cantora de ópera Jenny Lind é homenageada na nota de 50 coroas suecas. Junto dela, outras mulheres relevantes para a cultura do país receberam ilustrações no dinheiro. É o caso da também cantora Brigit Nilsson, de Selma Lagerlöf, primeira mulher a receber o prêmio Nobel de literatura, de Astrid Lindgren, autora do clássico infantil “Pippi Meialonga”, e da atriz Greta Garbo.

Indira Gandhi – Índia

Bustle/Reprodução

Apesar do nome, esta política indiana não tinha nenhum parentesco com Mahatma Gandhi. Ela foi a quarta primeira-ministra da Índia, e chegou a ser eleita “Maior Mulher do Milênio” em uma votação feita pela BBC em 1999. Ela está em várias moedas das rúpias indianas.

Josefa Llanes Escoda – Filipinas

https://www.instagram.com/p/BM8-SZvDGQq/?tagged=filipinopesos

Assim como Kate Sheppard, Josefa também foi uma ativista pelo sufrágio universal que acabou ilustrada no dinheiro de seu país. Ela está atualmente na nota de 1000 pesos filipinos. Assim como a sufragista, a primeira presidente mulher do país, Corazon Aquino, foi homenageada no dinheiro nacional.

Fatma Aliye Topuz – Turquia

Time/Reprodução

Escritora e ativista dos direitos das mulheres, nada mais justo que Fatma Aliye Topuz estampasse a nota de 50 liras turcas. Um de seus livros, “Mulheres do Islã”, foi essencial para que o mundo ocidental conhecesse melhor a situação das mulheres muçulmanas.

Dame Mary Gilmore – Austrália

View this post on Instagram

AUD shot from our 'Who am I?: Money' photo series. Follow us for updates on this series and other projects. www.jiphotos.ca #ottawa #ottawaphoto #ottawaphotography #ottawaphotographer #photoseries #photography #photographer #series #dollar #australia #australiandollar #foreigncurrency #jiphotos #cash #money

A post shared by JI Photos (@jiphotos.ca) on

O dinheiro australiano conta com muitas mulheres: além da Rainha Elizabeth II, tem ainda outras quatro. Na nota de 10 dólares está a poeta, jornalista e ativista Dame Mary Gilmore; na de 20, a empresária Mary Reibey; na de 50, a política Edith Cowan e, na de 100, a cantora Dame Nellie Melba.

 

Continua após a publicidade

Publicidade