Assine CLAUDIA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Rachel Jordan

Referência no mercado de consultoria de imagem, Rachel Jordan é especialista em comportamento profissional e atua como consultora, mentora e palestrante para empresas e pessoas que desejam desenvolver suas habilidades emocionais e alavancar a carreira. Co-autora do Livro À Sua Moda – 4Talks, Rachel também ministra cursos e workshops na área
Continua após publicidade

Coletes no trabalho: uma ótima opção para o verão

Peça pode ser usada em ambientes profissionais formais ou informais

Por Rachel Jordan Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
12 dez 2023, 11h39

A poucos dias da chegada oficial do verão, começamos a imaginar quais os melhores looks para enfrentar as altas temperaturas que a temporada promete de forma confortável e elegante para circular em todos os ambientes, principalmente o profissional. Importante ressaltar que algumas peças do guarda-roupa feminino têm chamado atenção desde o início de 2023, mas uma, em especial, ganhou protagonismo como uma forte tendência e chega ao verão em alta: o colete.

Versátil, prático, charmoso e com uma pegada de sofisticação, o colete ganhou destaque em desfiles e nas vitrines do país nas últimas temporadas.

Não há dúvida de que é uma ótima opção para mulheres de diferentes estilos em suas escolhas de looks elegantes, autênticos, de personalidade e ao mesmo tempo criativos.

Mas o colete é mesmo uma boa opção para o trabalho? 

look colete alfaiataria no trabalho
Colete é formal e vai muito bem no trabalho. (Streetstyleshooters/Getty Images)

Sim, minha gente. O colete é uma ótima escolha para o ambiente profissional na nova temporada. Primeiro porque não tem manga, detalhe que no verão faz toda a diferença, e traz bastante frescor.

Continua após a publicidade

Segundo porque pode ser usado em diferentes tipos de tecido, como o linho e o algodão, fibras naturais, muito bons para o verão porque deixam a pele respirar e trazem uma sensação boa.

Além disso, é uma peça que pode ser adotada de forma assertiva tanto nos ambientes de trabalho que exigem mais formalidade como nos mais informais. 

A história do colete

O que poucas pessoas sabem é que essa peça atemporal e de grande sucesso em diferentes épocas da história da moda é nativa do guarda-roupa masculino. O colete imprime, a quem o usa como opção de look, força e formalidade por toda a sua trajetória. Vamos conhecer um pouco da origem do colete e porque ele foi criado.

Embora alguns registros apontem que a história da peça tenha começado na Roma antiga, como forma de proteção aos romanos nas fortes batalhas que enfrentaram em momentos de guerra, tem muito mais a ser contado sobre a criação da peça e de sua importância.  

Continua após a publicidade

Em francês o colete é chamado de gilet ou vest, já em países de língua inglesa, é conhecido como waistcoat. Pois bem, a peça surgiu de um embate de estilo entre a França e a Inglaterra. Sendo mais precisa, foi criada oficialmente em 1666 a partir de um decreto de lei de Charles II, na época Rei da Inglaterra, Escócia e Irlanda, como uma espécie de represália à ousadia francesa na forma de se vestir e se tornou vestimenta obrigatória para os nobres da corte inglesa. 

Na época de sua criação, eram elaborados com tecidos brilhantes e brocados, mas com o passar do tempo outras leituras foram apresentadas com tecidos lisos e detalhes mais discretos que remitiam à uma postura correta e elegante entre os homens.

Somente algum tempo depois, e após diferentes versões, foi que o colete migrou do guarda-roupa masculino para o feminino. Primeiro foi adotado por mulheres de estilo mais clássico e formal. Atualmente, vem sendo usado por mulheres de diferentes faixas etárias, até mesmo as mais jovens.

Após várias transformações, o colete pode ser encontrado em diferentes estilos e foi eleito por algumas mulheres como um item indispensável em seus guarda-roupas.

Continua após a publicidade

Em se tratando de ambiente de trabalho, especialmente os mais formais, o mais assertivo é a escolha de tecidos lisos e de cores mais neutras.

Já nos mais informais, é possível ousar e ter uma liberdade maior na escolha de cores e tecidos. Vale lembrar que quando usado como peça principal, o colete se torna mais charmoso e imprime mais destaque ao visual. 

Como usar colete no trabalho

colete com camisa
Colete é uma ótima pedida como terceira peça. (Edward Berthelot/Getty Images)

Como é altamente versátil, o colete tem o poder de transformar um look de trabalho a partir de diversas combinações de tecidos e modelos, imprimindo elegância e dando um up em sua marca pessoal.

Continua após a publicidade

Aliás, a peça pode ser usada em diferentes tamanhos, curto ou mais alongado, com detalhes como botões forrados ou sem forro, fechado ou aberto, tudo de acordo com a sua personalidade, biotipo e escolha. 

Para aquelas que preferem usar o colete como segunda ou terceira peça, ele pode complementar uma bela camisa social, no caso de ambientes mais formais, camisetas, peças de alfaiataria, como calças e saias de muito estilo, ou até mesmo num toque mais informal com uma calça jeans ou com um vestido de modelo mais ajustado ao corpo para dar mais leveza e sofisticação ao visual. 

Abaixo algumas dicas que imprimem leveza, modernidade e sofisticação aos diferentes estilos femininos. 

Autoconhecimento x Biotipo – Reconhecer seu estilo e biotipo ajudará na escolha do modelo mais adequado. Por exemplo, coletes mais curtos transmitem um visual de tronco mais encurtado. Então se seu tronco é mais curto e tem pernas mais longas, uma boa opção são coletes mais alongados, pois eles irão favorecer a sua silhueta. No caso de coletes com estampas, as mais baixas podem usar, por exemplo, o tecido risca de giz como estratégia para “alongar” o corpo. 

Continua após a publicidade
colete alongado no trabalho
Coletes alongados são boas pedidas para quem tem tronco curto. (Jeremy Moeller/Getty Images)

Peça complementar– Como disse no decorrer do artigo, usar o colete como peça principal proporciona um grande charme ao look, mas se você optar por usá-lo como segunda ou terceira peça, muito cuidado na escolha dos outros itens. Eles devem ser mais ajustados ao corpo para que o colete não traga um volume excessivo e deixe o look menos elegante. 

Informalidade – Se o seu ambiente profissional permite mais descontração e informalidade, usar coletes com estampas e padronagens diversas é uma boa opção para looks mais criativos, seja nas cores, que podem ser mais ousadas e quentes, ou nas combinações, feitas com saias ou pantacourt, peças que trazem mais modernidade ao visual.  

colete colorido no trabalho
Coletes coloridos são mais informais e modernos. (Daniel Zuchnik/Getty Images)

Alfaiataria – Se você é dona de um estilo mais sofisticado, as peças em alfaiataria são uma ótima opção para um look diferenciado e elegante. As calças de alfaiataria vão dos modelos mais simples até os mais elaborados, faça a opção que mais se adeque a sua essência. Se optar por saias, a escolha do tecido e do modelo também fará toda a diferença para ser usada com o colete de maneira elegante.

Cores – Optar por um look monocromático, é sinônimo de elegância e sofisticação para sua imagem; mas se você prefere fazer combinações, a escolha de cores acertadas e complementares pode resultar em visuais únicos, diferenciados e muito elegantes também. E ainda temos as estampas que podem resultar em produções altamente estilosas e que traduzam com fidelidade o seu estilo pessoal.  

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Moda, beleza, autoconhecimento, mais de 11 mil receitas testadas e aprovadas, previsões diárias, semanais e mensais de astrologia!

Receba mensalmente Claudia impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições
digitais e acervos nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 12,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.