Assine CLAUDIA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Noéle Gomes Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

A colunista Noéle Gomes reflete sobre ancestralidade, autoconhecimento e psicanálise.
Continua após publicidade

A piscina: Um exercício para quebrar a limitação interna

Se há algo que nos une nesse momento da vida, é a vergonha de sermos livres e de gozarmos a vida

Por Noéle Gomes
28 mar 2023, 10h04

Quarta-feira às 14:00. Uma piscina, uma boia e uma grande permissão ancestral.

No dia 9 de março de 2023, eu tive a honra de fazer parte da Casa Clã da Revista Claudia e participei de um talk lindo sobre intuição e o poder da conexão juntamente com duas amigas, a Helena Galvão e a Mari Ferrão, e nosso bate-papo foi daqueles de comadres que partilham café fresco e broa de fubá novinha, com direito a manteiga por cima e pedacinhos de queijo para deixar tudo ainda mais saboroso.

Dentre tantas partilhas e olhares de amor eu fiz um convite publico a todas as pessoas que lá estavam, eu as convidei para um ritual ancestral de permissão, um exercício que vai além da sensação de merecimento, um exercício para quebrarmos de vez a escassez e limitação interna de que desfrutar da vida é impossível e improvável nos dias de hoje.

Esse ritual eu chamo de A PISCINA.

O nome pode ser engraçado e até um pouco estranho, mas eu o criei como parte de um experimento pessoal e profissional onde desafio minhas alunas a irem ao clube em plena quarta-feira, ir para a piscina com uma boia e pedir um drinque, mas não qualquer drinque, aquele que ela mais ama e, assim, deitar-se na boia e beber bem devagar, apreciando o momento e observando sua voz interna.

Continua após a publicidade

Pode parecer bobo ou até infantil, mas eu quero ver você fazer, eu quero ver você fazer e ficar em paz, pois se há algo que nos une nesse momento da vida, é a vergonha de sermos livres e de gozarmos a vida sentindo que mais do que merecer, nos permitimos desfrutar da vida, independente do dia ou da hora, afinal prazer e felicidade não tem hora marcada, pode ser todo dia.

E eu sei que ao me ler você pode estar pensando em várias desculpas e justificativas, eu mesma tenho uma lista, desde “não tenho tempo” até “amanhã eu vejo isso” ou “que coisa infantil” ou “faço isso no domingo” – e eu respeito sua lista, mas eu quero que você experimente ir além, experimente quebrar barreiras íntimas de desconforto, sair de vez do ciclo encaixotado de como a vida deve ser, eu quero que você viva, pelo menos uma vez, a liberdade da permissão.

A piscina é um convite humano e ancestral para que você mude seu ponto de vista e que fuja um pouco da vida pré-estabelecida, a piscina é para te dar coragem e um pouco daquele tesão juvenil de quem está fazendo algo completamente ousado no meio do dia. Então, que tal na quarta-feira, às 14:00?

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

O mundo está mudando. O tempo todo.
Acompanhe por CLAUDIA e tenha acesso digital a todos os títulos Abril.

Acompanhe por CLAUDIA.

Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Moda, beleza, autoconhecimento, mais de 11 mil receitas testadas e aprovadas, previsões diárias, semanais e mensais de astrologia!

Receba mensalmente Claudia impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições
digitais e acervos nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 12,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.