CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS
Natália Dornellas Conversa de Vó Natália Dornellas é jornalista, podcaster e ativista da longevidade. Procura por avós e avôs para prosear e histórias de #avosidade para contar. É criadora do podcast Conversa de Vó e cofundadora da plataforma 40+ AsPerennials

Dica de filme: história de avó e neta é tema deste longa premiado

Confira um filme que foi candidato ao Oscar do ano passado sobre avosidade e que tem tudo a ver com o blog "Conversa de Vó"

Por Natália Dornellas Atualizado em 27 nov 2020, 16h38 - Publicado em 27 nov 2020, 17h00

Histórias de netos e avós na vida real têm nutrido meu coração e servido de base para o projeto “Conversa de Vó”, mas a (história) que conto hoje veio do cinema.

Dirigido pela chinesa Lulu Wang, “A Despedida”, na verdade, tem até contornos de vida real, pois a diretora e roteirista baseou-se em suas próprias experiências para fazê-lo. O ponto de partida é “uma mentira de verdade”, como diz o lettering, logo no comecinho. Você, assim como eu, talvez não saiba, mas os chineses têm o costume de não contar aos “desenganados” que eles têm pouco tempo de vida, numa tentativa de lhes poupar do sofrimento, e essa é a grande questão desta “dramédia”.

A história do filme é mais ou menos assim. A neta Billi (Awkwafina, que a gente conhece de comédias como “Podres de Ricos” e “Oito Mulheres e um Segredo”) que, assim como a diretora nasceu na China e se criou nos Estados Unidos, vive em Nova York, na famosa crise dos 30. Não conseguiu passar num exame importante, tem boletos atrasados e está em pé de guerra com a mãe (vivida pela atriz sino-australiana Diana Lin). A única alegria dela é passar horas ao telefone com sua Nai Nai (vovó em mandarim), que mora do outro lado do oceano, em Changchun.

Vivida por Zhao Shuzhen, uma das grandes damas do teatro na China, Nai Nai é aquela avó que todo mundo gostaria de ter. Agregadora, energética e aparentemente cheia de vida. O drama todo é que ela foi diagnosticada com câncer terminal, mas não sabe disso, e se depender da família jamais saberá. A irmã que a acompanha nos exames mente sobre a gravidade do problema, os filhos fazem cara de paisagem e até o médico é a favor de não contar a verdade. Sobra para Billi o papel de discordar, ou ao menos questionar.

cartaz do filme A Despedida
cartaz/Reprodução
Continua após a publicidade

Para complicar ainda mais a situação, a família inventa um casamento na cidade natal, para que todos possam se despedir da matriarca, e, claro, Billi, a neta supersincera e apaixonada, não é bem-vinda.

Candidato ao Oscar de melhor Filme Internacional (novo nome da categoria), no ano passado, “A Despedida” acumulou 33 prêmios, inclusive o de melhor filme no Spirit Awards, e o Globo de Ouro de melhor atriz em comédia para a
Awkwafina. Segundo o  app Just Watch , o filme está no cardápio do Telecine Play e pode ser comprado pelo Google Play e pela Apple TV. Eu recomendo sem pestanejar.

 

cena filme A Despedida
imagem/Reprodução

*Para ver mais histórias com esta e acompanhar a minha “curadoria de avós”, acesse nataliadornellas.com.br ou @nataliadornellas, no Instagram. E se conhecer personagens que mereçam ter suas histórias contatadas, por favor, me deixe saber (natalia@nataliadornellas.com.br).

Continua após a publicidade

Publicidade